segunda-feira, maio 22, 2017

Valência das Fallas e das Laranjas

Praça de Touros ao lado da Estação Norte

Vai-se de Madrid a Valência em 1h 48 min, num trem AVE de alta velocidade, que para na Estação Joaquim Sorolla, de onde ônibus gratuitos transportam passageiros até a Estación del Norte - antiga e belíssima, construída em 1906/1917,  externamente toda decorada com desenhos de flores de laranjeira. 


Campanário da Catedral

Com uma população ao redor de 800 mil habitantes, Valência foi fundada pelos romanos em 138 a.C. e depois conquistada pelos mouros. Alcançou seu  auge econômico e cultural nos séculos XIV e XV, quando foram construídas a Catedral, as Torres de Serranos e a Lonja, famosa bolsa de mercadorias. Suas muralhas medievais foram demolidas no século XIX. 


Detalhe da Catedral
Para iniciar uma visita a Valência, pode-se partir da Estação Norte e ir até a muito próxima Praça da Prefeitura ( Ayuntamiento), onde, além de várias e interessantes floriculturas, encontram-se dois magníficos edifícios: o da referida  Prefeitura e o dos Correios. Melhor  sugestão ainda: já comece a visita pela própria Estação e pela Praça  de  Touros que está ao lado dela. 


Estação do Norte

Com longa relação do que ver e dependendo de sua disponibilidade de tempo, faça suas escolhas, mas, por favor, não deixe de lado La Lonja de la Seda, edifício gótico valenciano. declarado Patrimônio da Humanidade pela UNESCO e o Mercado Central, admirável construção em que se usou muito  ferro e vidro.


Detalhes do interior da Catedral
( Faço parênteses para revelar uma patetice minha, que muito prejudicou o registro da visita a Valência: esqueci a memória da câmera no computador em Madrid. Deslumbrada com a visão de vários lugares, fiz muitas fotos....sem memória...minha e da câmera. Numa livraria, consegui comprar outra memória, mas não havia tempo de retorno aos lugares anteriormente fotografados. Minhas desculpas! )


Catedral

Além de ver a Catedral de Valência e a Basílica da Virgem dos Desamparados, selecione alguma outra igreja para ver - porque são muitas e são excelentes museus a serem visto. Perto da Catedral , está a Plaza de la Reina, um dos espaços mais movimentados da cidade, onde , por sorte porque eu não tinha a info, vi bonita exposição de cerâmicas da região.


Coloridas cerâmicas valencianas

Procure ver, ainda, o majestoso Palácio dos Arcebispos, as Torres de Serrano, muitas outras igrejas, palácios, museus, praças, jardins e a movimentação, alegre e animada, dos valencianos e dos muitos turistas nacionais e internacionais. Experimente a legítima paella valenciana ( é claro! ). Garanto-lhes que será inesquecível. 

Detalhe do Centro Histórico


Duas atrações  -  uma permanente, outra anual -  fazem sempre com que  lembremos Valência : Cidade das Artes e das Ciências e as Fallas. A primeira atração, um grandíssimo complexo arquitetônico cujo projeto foi desenhado por Santiago Calatrava e  Felix Candela. Inaugurado em 1998, tornou-se um sucesso entre valencianos e turistas. 


                                       Cidade das Artes e das Ciências - Foto: Isolda Branco


A segunda, uma festa típica e satírica que acontece todos os anos no mês de março, anual, quando grandiosas esculturas, construídas com papelão ou restos de madeira, são queimadas em lugares previamente determinados. 


                                                                                      Trajes típicos

Valência deve ser visitada e admirada. Conhecida ela é: quem nunca ouviu falar em laranja valenciana?

                                    Cidade das Artes e das Ciências - Foto: Isolda Branco

domingo, maio 21, 2017

Rosaleda no Buen Retiro - Madrid



Roseirais do Parque Buen Retiro

Visitar o Parque del Buen Retiro é uma boa ideia. Visitá-lo, durante o mês de abril, é uma super boa ideia. Além do Parque ser fantástico sempre , no final do inverno reveste-se  com verde-verde, de tonalidades diversas. Acresce-se a isso as flores multicoloridas, distribuídas por todo o espaço. E lá estão a Rosaleda ou Roseiral...


Rosaleda

Denomina-se rosaleda ou roseiral  a  jardins  onde se cultivam exclusivamente rosas. Há rosaledas ou roseirais em vários países - um dos mais famosos, porém, parece-me ser o Jardim de Ramón Ortiz, a Rosaleda de Madrid, cuja extensão é de 32 mil metros quadrados, que se localiza no oeste do Parque Bom Retiro.




Portais ao longo do Jardim

Nesse espaço, estão alojadas 600 variedades de rosas, num total que supera 20 mil roseiras, num jardim mantido pela Prefeitura. No mês de maio, todos os anos, desde a criação dessa rosaleda, acontece o Concurso Internacional de Rosas Novas da Cidade de Madrid. As variedade premiadas passam a fazer parte da coleção permanente deste jardim.




Harmoniosos conjuntos em todo o jardim


Um passeio à Rosaleda de Madrid  é  um presente raro aos sentidos. Logo na entrada, já se sente o delicado perfume das flores. Cores e formas encantam - um lugar para estar ao menos um par de horas. Ainda se pode ver a diversidade da cultura dos visitantes, oriundos de muitos países, expressa externa e principalmente pelo vestuário.


Muitas visitas

Minhas amigas, Isolda e Duda, e eu visitamos o Parque de Bom Retiro numa quarta-feira. O grande número de visitantes dava a impressão de ser sábado ou domingo. Além das rosas serem lindíssimas, o verde-jovem das folhas vindas com a primavera davam ao Jardim, assim como ao Parque todo, aquela vontade de viver  bem, oferecida pelos espaços bonitos e tranquilos.







"Elas são vaporosas,
Pálidas sombras, as rosas
Nadas da hora lunar...
Vêm, aéreas, dançar
Com perfumes soltos
Entre os canteiros e os buxos...
Chora no som dos repuxos
O ritmo que há nos seus vultos...
Passam e agitam a brisa...
Pálida, a pompa indecisa
Da sua flébil demora
Paira em auréola à hora...
Passam nos ritmos da sombra...
Ora é uma folha que tomba,
Ora uma brisa que treme
Sua leveza solene..."
Fernando Pessoa




quarta-feira, maio 17, 2017

Madrid/2017Frutas

Laranjas Cristalizadas

Meu segundo dia em Madrid, nesta temporada 2017 - dia de organização para os próximos três meses. Começo pela tarjeta dorada, aquele bendito cartão que dá - para pessoas com 60 ou mais anos de idade - 40% de desconto em todos os trens, de segunda a sexta, e 25 %, nos fins de semana.Basta ir a Estação de Trens ( fui a Atocha ) e levar um documento de identidade. Em 5 min, a gente já sai com a carteirinha, que  passa, então, a apresentar na compra de qualquer bilhete de trem.


Kiwi cristalizados
Vivo cerca de 20 metros de uma estação de metrô ( Gran Via ). Outra compra necessária e que imediatamente eu fiz,  foram os  bilhetes de metrô. Um cartão com 10 viagens , na região central, custa 12,60 euros. 

Abacaxis cristalizadas

Falta , ainda, ir a El Corte Ingles, o grande magazine conhecido como o queridinho dos brasileiros, onde, mediante apresentação do passaporte, passa-se a acumular 10% dos gastos feitos em qualquer setor, para serem posteriormente resgatados. 


Cerejas cristalizadas

Viajei pela TAP - Porto Alegre / Lisboa / Madrid. Vôo tranquilo. Dormi pouco, estava preocupada e triste com doenças na minha família. Como diz a Neneca, parte da aventura de estar vivo. Logo na chegada, desfiz a mala e senti-me em casa.


Pomelo cristalizado

Dias lindos. Calor agradável. Muita gente nas ruas. Variedade de frutas. Como sempre, Madrid é uma bela cidade no verão...e nas outras estações também. Viajo este ano com duas maravilhosas amigas: Duda e Isolda, pessoas com alegria, disponibilidade, autonomia e experiência de correr mundo. Tentarei manter este blog atualizado e responderei a qualquer pergunta ou dúvida. 




"Eu amo todas as coisas, umas mais do que as outras —
Não nenhuma mais do que outra, mas sempre mais as que estou vendo
Do que as que vi ou verei.
Nada para mim é tão belo como o movimento e as sensações.
A vida é uma grande feira e tudo são barracas e saltimbancos.
Penso nisto, enterneço-me mas não sossego nunca."

Fernando Pessoa

Frutas cristalizadas - Estação de Atocha - 100 gr = 3,80 E

segunda-feira, maio 15, 2017

Para Família, Amigos e Leitores do Correndomundo

Áustria - Viena
“Parto com a certeza de deixar para trás motivos suficientes para o não fazer. Mas um sonho tem a força de transformar uma ideia em algo imperativo, inadiável, inquestionável. Aterrorizar-me-ia chegar tarde na vida com a tortura do pensamento: 'quem me dera ter feito aquela viagem…’” 

Alma de Viajante
newsletter@almadeviajante.com



Àustria - Salzburg
PS. Darei notícias assim que chegar . Beijos. Aldema

Eu amo tudo o que foi
Tudo o que já não é
A dor que já me não dói
A antiga e errônea fé
O ontem que a dor deixou,
O que deixou alegria
Só porque foi, e voou
E hoje é já outro dia
Eu amo tudo o que foi
Tudo o que já não é
A dor que já me não dói
A antiga e errônea fé
O ontem que a dor deixou,
O que deixou alegria
Só porque foi, e voou
E hoje é já outro dia

terça-feira, maio 02, 2017

Roteiros pela Europa : 2017


Espanha - Úbeda : Pela Paz e pelas Vítimas das Guerras

Um ano diferente, em mais de 10 anos. Permaneci no Rio Grande do Sul durante quatro meses. Foi 2017  o ano de rever lugares - Porto alegre, Alegrete, Rosário do Sul, Touro Passo, Livramento e Rivera - e de rever afetos - familiares e amigos. Está sendo um ano em que se cruzam e se entrelaçam dores e alegrias, notícias boas e notícias ruins. Como escreveu Fernando Pessoa : " É uma espécie de sonho / com a realidade ao meio," 



Copenhagem - Dinamarca:  Pequena Sereia 

" Guardo ainda, como um pasmo
Em que a infância sobrevive, 
Metade do entusiasmo
Que tenho porque já tive.." FP


Riga - Monumento às crianças deportadas

O mês de maio, no entanto, já me encontrou de mala pronta, agenda revisada, roteiro cuidadosamente elaborado, reservas feitas e decisões tomadas - a decisão principal, não deixar nada para depois, fazer agora o que desejo, embora me pareça impossível, neste tempo fugidio, nesta vida tão efêmera.


Dinamarca : Copenhagem

" Por mais que o Sol doure a face
Dos dias, o espaço mudo
Lembra-nos que isso é disfarce
E que a noite é que é tudo."



Espanha : Bilbao

Como venho fazendo há alguns anos, irei direto à Espanha, mais especificamente, a Madrid. Acomodada a bagagem, levando apenas uma mochila, começo por uma temporada de 18 dias na Sicilia, que me parece pouco italiana, mas me encanta pela história, pela arquitetura, pela culinária e, principalmente, pela diversidade histórico-cultural.


Alemanha - Berlin : Reconciliação

Na Escandinávia, ficarei concentrada na Noruega, vendo não somente Oslo e Bergen, mas também outras pequenas cidades. Na Alemanha, irei somente a Berlin, cidade fascinante e uma das minhas preferidas na Europa. Com duas amigas, programamos uma semana para percorrer o interior da França. Mais tarde, outra semana pelo interior da Bélgica.


Alemanha - Berlin

Todas essas pequenas viagens serão intercaladas por visitas a cidades do interior da Espanha, em que retorno por pura paixão - entre elas, Córdoba, Sevilha, Granada, Antequera, Valência, Alicante, Barcelona, Pamplona, Málaga, Toledo, Cuenca e outras mais. Nesse tempo, tentarei fazer jus a grande aventura de viver.


Espanha - Málaga : Henry Moore

" Quando eu era jovem, eu a mim dizia:
Como passam os dias, dia a dia,
E nada conseguido ou intentado!
Mais velho, digo, com igual enfado:
Como, dia após dia, os dias vão,
Sem nada feito e nada na intenção!
Assim, naturalmente, envelhecido,
Direi, e com igual voz e sentido:
Um dia virá o dia em que já não
Direi mais nada.
Quem nada foi nem é não dirá nada,"

Fernando Pessoa

Irlanda do Norte

domingo, abril 30, 2017

Os chineses são supersticiosos?





















A mim, os chineses pareceram muito supersticioso.Escutei muitas narrativas sobre as superstições na China. Imaginem que os andares 4, 14 e 24 de muitos prédios não existem, porque o ideograma do 4, embora diferente do ideograma de morte, tem a pronúncia parecida com essa palavra que tanto os assusta. Celulares terminados em 4 ou com muitos 4 são bem mais baratos, e muito utilizados por estrangeiros. Muitos hotéis não têm apartamentos no quarto andar - usam esse espaço para depósito ou atividades administrativas. 





                                                                                 














Já o número 8 tem o ideograma que lembra o da prosperidade. Pagam uma fortuna para que o carro ou a casa tenham um 8 na sua numeração. Não foi ao acaso que os Jogos Olímpicos de Pequim começaram no dia 8 de agosto de 2008, às 8:08 da noite.





















Se você estiver numa mesa com chineses, jamais deixe os palitinhos fincados no arroz, pois isso representa morte e seria como desejar a morte do anfitrião ou de pessoas ali presentes. Os palitinhos devem ficar na lateral do prato.




















Tradicionalmente, acreditam nos maus espíritos, que podem entrar nas casas e causar muitos males ou desavenças. Para que isso não aconteça, tomam-se várias providências. Os maus espíritos são muito feios - e não sabem dessa sua feiúra. Assim, colocando-se espelhos na porta da casa, eles se olham, assustam-se e vão embora. Também os maus espíritos caminham arrastando os pés - sem levantá - los portanto. Em razão disso, na busca de proteção, as casas antigas todas têm um portal alto. Eles tropeçam ali e voltam sem entrar na casa.





















Os grandes leões, que são vistos nas entradas dos palácios, têm um objetivo preciso: assustar os maus espíritos e impedir que entrem nas áreas dos palácios. Se a gente pensar bem, vai lembrar desses leões em muitas casas , mesmo fora da China.
Nos telhados de casas e palácios, observam-se animais enfileirados colocados ali para cuidado e proteção dos prédios e dos moradores consequentemente. A figura do dragão traz boa sorte - ele pode ser visto em casas, embarcações, jardins, muros, amuletos.




















Há, ainda, superstições associadas a cores , gestos e palavras. Fácil de imaginar que um país tão antigo, quando a ciência não explicara ainda os fenômenos da natureza, criasse explicações para o frio, o calor, a chuva ou a ausência dela, que tanto prejudicava a colheita de alimentos. Quantas vezes o imperador, que era considerado o representante na terra do deus chinês que vivia nos céus, deve ter feito oferendas para agradar a esse deus, que, raivoso por algum acontecimento, mandava raios e trovões, tempestades ou estiagens?




segunda-feira, abril 24, 2017

Sabedoria de Pessoa...


Bloomington - detalhe do conjunto de esculturas numa Escola

"A criança que fui chora na estrada.
Deixei-a ali quando vim ser quem sou;
Mas hoje, vendo que o que sou é nada,
Quero ir buscar quem fui onde ficou.


Bloomington - USA

Ah, como hei de encontrá-lo? Quem errou 
A vinda tem a regressão errada.
Já não sei de onde vim nem onde estou.
De o não saber, minha alma está parada.



Antiga Escola em Bloomington - Ill

Se ao menos atingir neste lugar
Um alto monte, de onde possa enfim
O que esqueci, olhando-o, relembrar.



Conjunto de esculturas na Estação de trens em Champaign, Illinois USA

Na ausência, ao menos, saberei de mim,
E, ao ver-me tal qual fui ao longe, achar
Em mim um pouco de quando era assim."
Fernando Pessoa



Champaign - Illinois - USA

PS> Para iniciar a semana, meu desejo de bons encontros consigo mesmo - num momento histórico de difíceis encontros com quem nos devia representar.