domingo, julho 07, 2013

A Oxford dos USA

Sede da primeira biblioteca da Universidade
Tenho muito carinho pelos anos todos que trabalhei na Universidade Federal de Santa Maria - UFSM. Gosto de ambiente universitário - razão por que visito Campus em muitos países. Desta vez, dois motivos me levaram a Oxford , desviando - nos um pouquinho da rota 55 : visitar a sede da University of Mississippi e conhecer um pouco do lugar onde viveu William Faulkner, um dos ídolos da minha juventude

Detalhe interno da primeira biblioteca
Com sede em Oxford, a Universidade do Mississippi é uma instituição pública, fundada em 1848 e chamada carinhosamente de Ole Miss. Tem uma história marcada por importante luta pelos direitos civis. Hoje, tem alunos vindos de 66 países e 20% de sua população estudantil é representada por minorias.

Detalhe da sede da Universidade do Mississippi
Mas nem sempre foi assim.A luta dos negros por direitos civis iguais aos brancos teve momentos muito difíceis, protagonizado por James Meredith ao tentar,em 1960, cursar a Universidade do Mississippi.Teve seu pedido negado por duas vezes. Dois anos depois, a justiça federal garantiu seu ingresso. Foi , entretanto, barrado pelo governador do estado e pela guarda nacional - o que ocasionou a ocupação do campus por agentes federais, enviados por Washington para garantir -lhe o ingresso.


Entrada de Meredith na Universidade do Mississippi
Travou-se verdadeira batalha de estudantes e populares brancos contra os agentes da escolta de Meredith. Com o apoio de tropas do exército, enviadas pelo presidente Kennedy, o conflito, que resultou em duas  mortes e dezenas de feridos,  foi vencido - e Meredith tornou-se o primeiro aluno negro da Universidade do Mississippi. Há interessantes anotações sobre esse fato histórico, além de fotos, como a que foi copiada acima,  em http://pt.wikipedia.org/wiki/James_Meredith

Monumento ao acesso dos negros a Ole Miss
Oxford é uma cidade pequena, com pouco menos de 20 mil moradores. Graças a Universidade, ela se tornou  o centro cultural e intelectual do estado. A histórica cidade universitária de Oxford , com seu campus todo ajardinado e bem cuidado, com  árvores frondosas e prédios de diferentes estilos, com museus, galerias e movimentação constante de visitantes, tem vida e charme. É interessante visitá-la.

Entrada do Campus

Por aqui viveu William Faulkner ( 1897/1962 ), um escritor que marcou bastante a minha geração e foi pioneiro do Movimento Gótico Sulista ,  na Literatura Norteamericana.  Sem ter feito curso superior - abandonou o segundo grau porque odiava o colégio - recebeu, em 1949, o Prêmio Nobel de Literatura. Lembro-me muito bem de ter lido Enquanto Agonizo, lançado, no Brasil, em 1973, e de ter ficado deslumbrada com esse livro de complexos personagens, tão regionais e, ao mesmo tempo, tão universais. Faulkner morreu em Oxford, onde há, no centro da cidade, um monumento em sua honra.

Detalhe do Museu da Universidade


É difícil pensar que muitas pessoas vão se deslocar até este  longínquo Estado  para conhecer Oxford, ou a Universidade do Mississippi , ou o monumento que lembra o acesso do primeiro negro a Ole Miss, ou a casa onde viveu William Faulkner. A caminho do Golfo do México ou lendária New Orleans, no entanto, muita gente pode desviar alguns quilômetros e visitar tão importantes lugares, do ponto de vista histórico, literário ou cultural.

Muitos amimaizinhos no campus universitário