segunda-feira, abril 25, 2011

Visita Familiar


Donald e eu

Visitamos, em Baggs , uma pequena cidade de Wyoming, a Donald, o único irmão vivo de Ronald e o mais velho de todos. Com 86 anos e uma lucidez impressionante, conta episódios da Segunda Guerra, onde esteve, como soldado, na Bélgica e na Alemanha. Como era hábil em mecânica de aviões, tornou-se auxiliar dos engenheiros que comandavam a recuperação de aviões atingidos. Mostra cicatrizes, mas não mostra tristeza. Queixa-se , apenas, da saudade da esposa Mary, com quem viveu 58 anos. Vive sozinho num apartamento próximo ao de sua filha Carolyn. Donald , orgulhoso, faz -me ver sua carteira de habilitação, recentemente renovada. Dirige para ir ao Senior Center, onde almoça diariamente, e para ir à igreja aos domingos. Ronald e eu almoçamos com ele nesse Centro (foto). Ali almoçam muitos idosos. Comida saudável, temperada com muita pimenta - o que me surpreendeu -  e reencontro diário com amigos. Quando um dos sócios fica doente, a comida é levada até a casa. Um quebra-cabeça de mil peças está sempre sobre uma mesa. Todos participam da sua montagem. Uma senhora me conta que, disciplinadamente, acerta ao menos duas peças por dia. Faz bem à memória e à capacidade de concentração, segundo ela. Quando o quebra-cabeça fica pronto, recebe uma moldura e é colocado na parede. Imediatamente , outro o substitui. O Centro é contruído pelo governo e mantido pelos sócios. Rotina leve e bonita - como Donald.