segunda-feira, maio 29, 2017

Bella Sicilia! Introdução


Monreale

De Madrid para Sicilia, viajei pela Ryanair, empresa área que tem sido para mim uma roubada na hora do embarque. Atendimento péssimo, com gente grosseira, sem educação e sem treinamento para o trabalho que realiza. O vôo, com duração de três horas, foi bom, ou melhor, tão bom quanto um low cost consegue ser. Estávamos, porém, chegando na Sicilia, onde eu não vinha desde 2008. Estar nesta ilha compensa qualquer dissabor da viagem.


Palermo

Trajeto demorado do aeroporto de Punta Raisi ao centro. Chegamos, minha amiga Isolda e eu, em Palermo no dia em que fazia 25 anos do assassinato do juiz Falcone. Na cidade, trânsito pesado, muitos policiais na rua. Havia sido assassinado um homem, que andava de bicicleta e que ( segundo li em jormais do dia seguinte) era bem conhecido na Sicilia. O assassinato aconteceu em pleno centro da cidade, no meio da tarde. Por sorte, o taxista que nos conduzia, foi bastante hábil em se afastar rapidamente do local onde o crime ocorrera.


Cefalú

Estaremos, na Sicilia, durante 16 dias: metade em Palermo; metade em Catânia. Temos um roteiro bastante denso, que inclui Palermo, Monreale, Bagheria, Cefalú, Trapani, Erice, Agrigento, Catânia, Taormina, Piazza Armerina, Noto, Messina, Ragusa, Siracusa e Enna.  Viajando de trem ou de ônibus, conhecendo ou revendo cidades fantásticas, Estamos todos bem, como diz o título do filme de Giuseppe Tornatore, famoso diretor de cinema, nascido em Bagheria,  cidade em que já estivemos.


Bagheria

Parece-me que vou conseguir escrever diariamente no Correndomundo. Às vezes o sono é mais forte ... e durmo sem postar nada. Mas vou tentar ser pontual. Assim sendo, poderão - familiares e amigos - serem nossos acompanhantes nesta viagens, como aconteceu em outras. A temperatura é perfeita, entre 18 e 24 graus. As frutas, deliciosas. A comida...merece um capítulo só para ela.


De Trapani para Erice
Sicília é a ilha mais importante do Mediterrâneo, muito povoada - mais de 5 milhões de habitantes - e com grande extensão. Está numa encruzilhada, parte da Europa e parte da África. Tem uma superfície de 25.460 km, que se amplia com os arquipélagos vizinhos, incluindo Lampedusa, tão conhecida nossa por tristes acontecimentos ( http://migramundo.com/lampedusa-a-porta-da-europa/ ) 


Trapani

A pergunta recorrente é sobre custos de permanência e tempo necessário para ver ao menos uma parte da ilha. Sicília não é um lugar de custo alto. Há hoteis e restaurantes variados para analisar e escolher. Os preços, a meu ver, rivalizam com cidades médias do continente. O transporte é bem acessível, tanto em trem quanto em ônibus. O tempo necessário para visitá-la depende da disponibilidade, da ansiedade e do desejo de cada. Já estive 20 dias aqui e saí frustrada pelo muito que eu deixara de ver. Ficarei 16 dias nesta viagem e novamente faltará tempo para ir às ilhas. A sugestão é a mesma de sempre: informem-se muito antes de estabelecer um roteiro. Detalharei cada cidade em posts separados.


Erice
"Outrora eu era daqui, e hoje regresso estrangeiro,
Forasteiro do que vejo e ouço, velho de mim.
Já vi tudo, ainda o que nunca vi, nem o que nunca verei.
Eu reinei no que nunca fui..."


Fernando Pessoa 



Palermo