domingo, dezembro 18, 2016

Viagens/2016 : Momentos Especiais: 2a. Parte

Praga - agosto 2016

Impossível estar na Europa e não revisitar lugares tão emblemáticos como Praga e  Budapest. De Madrid, Pedro, Adriana e eu voamos direto à capital da República Tcheca. Em nosso roteiro, além das cidades mencionadas, estava Kutná Hora, Wroclaw, Posnan, Varsóvia, Cracóvia, Estergon e Viena - de onde retornamos à Espanha.


Praga - friozinho mesmo em agosto


Praga é conhecida no mundo todo como uma das cidades mais bonitas da Europa. Desenvolveu-se às margens do rio Vltava, tendo alcançado, nas  pontes que atravessam esse rio, um de seus quesitos de beleza. Se não fosse conhecida por seu patrimônio arquitetônico, seria por seus filhos ilustres, como Milan Kundera e Kafka.






De Praga, viajando em ônibus convencional, entramos na Polônia com o objetivo de visitar Wroclaw, cidade que sabíamos ser encantadora. Visita fantástica! Daqui para Pósnan, fomos de trem, partindo da estação acima - Wroclaw Glowny.

Gnomos em Wroclow - Polônia

Pelo centro de Wroclow, ao redor de duzentos gnomos ( em bronze ) estão distribuídos - alguns disfarçadamente, em espaços inusitados Aqui, no correndomundo, fiz um post sobre essa particularidade que tanto encanta, em especial, a todas as idades, mas, em especial, a meninada: http://correndomundo.blogspot.com.br/search/label/Wroclaw


Posnam - Polônia

Duas atrações belíssimas marcaram para nós esta antiga capital da Polônia: a Praça do Centro Histórico - antiga Praça do Mercado - onde tudo parece acontecer, nela e ao redor dela; e a Catedral, a mais antiga da Polônia, que nos levou a uma caminhada de  dois quilômetros. Percurso bonito, incluindo a visão do rio. http://correndomundo.blogspot.com.br/search/label/Poznan


Varsóvia - Detalhe de um conjunto de esculturas

Difícil ver Varsóvia sem admirar o trabalho, a dedicação, a competência e a sensibilidade do povo polonês, que, em pouco tempo, reconstruíram cidades - entre elas Varsóvia - que foram arrasadas na Segunda Guerra. Muitos monumentos lembram esse passado recente e  doloroso.


Varsóvia

Esta foi a quinta vez que visitei a capital da Polônia sem , entretanto, superar uma certa tristeza que tenho lá, como se a dor tivesse impregnado pedras, tijolos, muros e paredes. Este é um país que nos faz valorizar a vida e desejar a paz.


Cracóvia - Polônia

" Deixem, antes de eu partir, que olhe ainda deste lugar para Cracóvia, essa Cracóvia em que cada pedra e cada tijolo me são tão caros, e que olhe de cá para a Polônia....E , portanto, antes da partida, rogo-vos que aceitem de novo este patrimônio espiritual que se chama Polônia, com fé, esperança e amor (...) "   João Paulo II, Cracóvia, 10 de junho de 1979. http://correndomundo.blogspot.com.br/search/label/Cracovia


Cracóvia
Mas nem só de igreja e religiosidade vive Cracóvia. No grande mercado da praça principal, podem ser encontrados maravilhosos presentes, como esculturas e muitos objetos mais em madeira, roupas bordadas e até finas joias. Lembrar o filme A Lista de Schindler - Steven Spielberg - é um motivo para percorrer o bairro onde se passou a narrativa de tristeza e esperança.


Budapest - Hungria
Amo Budapest! Cidade bonita, limpa, bem cuidada ( até aí como muitas outras! ), com a particularidade de serem duas-em-uma : Buda, de um lado do rio Danúbio; Pest, do outro lado. E para unir as duas e torná - las uma só, estão as pontes - simplesmente fantásticas.


Budapest
A música húngara é alegre como o povo do país; a comida, deliciosa; a arte está por todo o lado, em espaços públicos; artesanato, principalmente em bordados, de boa qualidade e diferenciado de outros países. Tem uma história rica e uma arquitetura que a reflete. Com exceção dos táxis, é uma cidade impossível de não se encantar com ela.


Viena

Viena  é deslumbrante - sempre e toda ela. Neste ano, eu a vi branquinha de neve em janeiro e totalmente florida no verão. Seus parques e jardins públicos são lugares para esquecer o relógio e procurar enxergar os detalhes. Palácios , museus , igrejas e monumentos já bastariam - mas tem a musicalidade e....os doces...as mais doces tentações.


Jardins de Viena

Dos países visitados em 2016, somente Budapest está programado, outra vez, para 2017 - antes de um recorrido à Romênia e  às  cidades que  que estão no espaço da antiga  Yugoslávia. Pretendo investir mais também na América Central. Que o Universo conspire a meu favor.


Gustav Klimt - O Beijo
Obs. A 3a. e última parte de Viagens/2016 : Momentos Especiais será sobre os três da América do Sul - Peru, Colômbia e Equador - para onde fizemos , durante o mês de novembro, nossa última viagem deste ano.