segunda-feira, junho 23, 2008

Passeio a Ischia





















Perto de Napoli, há muitas ilhas. Capri é a mais conhecida. Ischia e Procida são menos conhecidas, mas igualmente belíssimas. Ischia é uma ilha vulcânica, na baía de Napoli, no mar Tirreno. Sua história vem de muito longe. Imaginem que foi citada na Odisseia, poema escrito por Homero, séculos antes de Cristo.

Visitei Ischia  faz poucos dias. Fui de aliscafo, em 40 minutos. Só a viagem já vale a pena. Quando se parte e quando se chega, a vista que se tem de Napoli é estupenda. Pode-se também ficar encantado com a vista de Procida , Capri e Costiera Amalfitana. Chegando a Ischia, fiz caminhando, durante uma hora e pouco, o trajeto Ischia Porto a Ischia Ponte, passando pelo centro, cheio de comércio e de artesanato interessante. E eu não comprei nada!























A Ilha, com cerca de sessenta mil habitantes, é conhecida como lugar onde se pode viver com saúde e bem-estar. Tem ali uma população de velhos, que vieram à Ischia em busca de sossego ou de cura nas suas famosas águas termais - fama que vem do tempo dos romanos. Há inclusive um Centro Termal, administrado pelo Município e localizado num edifício construído em 1736.
Ischia Ponte tem seu nome relacionado à ponte que leva a uma pequena ilha com um imenso Castelo, que deu origem ao povoamento de Ischia, entre 1300 e 1500. Impressionante o número de belas igrejas em Ischia, mais de 200 , disse-me um senhor com quem conversei sobre o que devia visitar. As praias são bonitas, “mobiliadas”com branco e azul nos guarda-sóis e cadeiras de praia. Lugar bonito que vale a pena conhecer. Fui de manhã cedo e voltei ao anoitecer – como sempre, exausta!