segunda-feira, setembro 24, 2007

"Foi o 20 de Setembro...."


Todo gaúcho que se preza, festeja a Semana Farroupilha . Se não ganhamos a guerra, ganhamos o direito de fazer festa!

Festeja-se essa Semana, em todo o Brasil - onde há gaúcho naturalmente. Gugu e eu , quando morávamos na Bahia, chamávamos outros gaúchos para o almoço: comíamos um "carreteiro" (arroz,é claro!!) , cantávamos o Hino Rio-Grandense, bebíamos vinho e exaltávamos as qualidades do Sul. Quanto mais vinho, mais qualidades! Mas nunca tivemos arroubos separatistas. Amamos o Nordeste.


Agora , morando no Alegrete, onde o Sul é mais Sul, vivo a Semana Farroupilha como a maior festa do ano. Imaginem 10 mil cavalos , com 10 mil pessoas em cima obviamente, desfilando pela cidade, no dia 20 de setembro, encerrando um festerê de oito dias. Bem...alguns, como eu, vão para a campanha ou para fora, como se diz na região, referindo-se ao interior dos municípios.

O nosso lá fora chama-se Bela União, nome dado pelo meu pai, já faz muitos anos. Minha mãe dizia tratar-se de um lugar abençoado, pacífico, sem que nenhuma tragédia ali ocorresse.Um lugar muito bonito, rústico e verde, pleno de lembranças, de história e de afetos.


Lá fora, comemorou-se a data também. Família reunida, churrasco, causos e recordações de infância. Choveu muito, mas valeu o convívio dos mais velhos com os jovens e as crianças. Estava até o Joaquim, de três meses, que fazia sua primeira visita ao locus dos antepassados de seu pai. Nossas crianças cresceram! Logo estarão mostrando a casa que foi nossa, como mostramos nós a casa de nossos avós e nossos pais.


Bem...continuo, por enquanto, cantarolando:


"Como a aurora precursora
do Farol da divindade,
foi o Vinte de Setembro
o precursor da liberdade.


Mostremos valor constância
nesta ímpia e injusta guerra;
sirvam nossas façanhas
de modelo a toda a terra.




Mas não basta p’ra ser livre
ser forte, aguerrido e bravo;
povo que não tem virtude

acaba por ser escravo."

Fotos de:

Aldema e

Almir Menine