domingo, março 22, 2015

Travessias

Arado antigo + flores -  Ronald Mckinney
"A tristeza juncou de pétalas de rosa
O chão do meu jardim
E a   alma que em mim goza
A dor que passa em mim
Só ficou mais inquieta, ansiada e sequiosa
Do que nunca teve fim.


Condomínio de pássaros  - Ronald Mckinney

A Maldade juncou de apodrecidos frutos
O chão do meu pomar
Mas meu ser não vestiu nem rancores nem lutos
Ao ver o desolar.
Só ama mais ainda os seres impolutos
Que não têm acabar.

Fonte Grega - Alex Arintsis

Meu jardim e pomar hoje apenas consistem
Em  memórias fatais,
Mas a minha alma ao ver, nas tristezas que a assistem,
Que os seres imortais
Em parte alguma — céu ou terra em sonho existem
Ainda os amou  mais."

Fernando Pessoa


Parte de antigo catavento - Almir Menine