sábado, março 17, 2012

Parque Nacional dos Aparados da Serra








Recebi hoje as fotos feitas por Ricardo Amaral, durante um agradável passeio que fizemos  - Mile, Cláudio Zoppi, Ricardo, Ronald e eu - em fevereiro último, no feriado de carnaval. Fomos, de carro, a um dos lugares  mais bonitos  do Rio Grande do Sul : o Parque Nacional dos Aparados da Serra.







Saindo de Torres, entramos na BR 101 e , logo, logo, ao passar pela ponte do Rio Mampituba, já estávamos em Santa Catarina, onde percorremos uns 10 km e tomamos o acesso - bem sinalizado - para a cidade de São João do Sul e para o Caminho dos Cânions ( Canyons). A pequena e bonita Praia Grande é a cidade que fica aos pés do trecho mais abrupto e difícil da subida da serra. As paisagens desse caminho são deslumbrantes e por ele se chega aos cânions Malacara e Itaimbezinho. Informações podem ser obtidas em www.praiagrande.sc.gov.br


Fotos: Ricardo Amaral




























"O Cânion do Itaimbezinho é o mais famoso do parque e também um dos maiores do Brasil. Sua extensão chega a 5.800 metros e sua largura máxima alcança os 2000 metros. As paredes rochosas têm uma altura máxima de 720 metros e são cobertas por uma vegetação baixa e pinheiros nativos. Para quem nunca esteve à beira de um cânion, a sensação é realmente indescritível. São formações rochosas de pelo menos 130 milhões de anos, que parecem ter sido "aparadas" de maneira minuciosa. O nome do cânion vem do Tupi-Guarani: Ita significa pedra e Aí'be significa afiado". Essas informações e muitas outras você encontra em http://www.bemtevibrasil.com.br/aparados.




Muita gente visita Canela e Gramado sem saber que, não muito longe dali , a uns 120 km, estão paisagens fantásticas, cânions feitos há milhões de anos, fendas abertas que a água se encarregou de aprofundar. A partir de Canela, passa-se por São Francisco de Paula e vai-se a Cambará do Sul, principal acesso aos cânions, entre eles, o deslumbrante Fortaleza, com seus 980 metros de profundidade, de onde, em dias claros, pode-se avistar Torres, já que, em linha reta, essa praia fica distante apenas 25 km.




Já se vêem por aqui alguns turistas, não tantos quanto merece a beleza do lugar. Provavelmente os 20 km de estrada de terra, bastante precária, assuste um pouco. Apesar disso, vale a pena ir - pelos Aparados, pelas bromélias, pelas cascatas, pelas trilhas, pela grandiosidade das árvores e por tudo o mais que se pode ver.