sábado, agosto 12, 2017

Palermo: Igrejas, Palácios, Mercados e muito mais...

Suntuosidade e beleza na Capela do Palácio Real

"....La pureza del entorno, la suavidad del conjunto, la gradación de los tonos, la armonia del cielo, del mar,  de la tierra / ...moreras de un verde apenas nacido, adelfas siempre verdes, espalderas de naranjales y limoneros/ ...El aire es dulcemente perfumado, el viento tibio.../ Quien ha visto todo esto no lo olvidia..."


 
                    No Centro Histórico, Quatro Cantos é referência de localização.
           

As expressões acima são de Goethe, grande poeta alemão, na sua chegada em Palermo, em 1787. Escreveu-as em sua Viagem à Italia. Palermo, realmente, é a grande metrópole mediterrânea que encanta e seduz. Diz-se que é um caldeirão cultural pela eclética mistura de influências orientais e europeias. Seguramente consta da lista de desejos de turistas do mundo todo.



Cristo : Bienal Internacional de Arte Contemporânea Sacra

Capital da Sicília. com aproximadamente um  milhão de  habitantes,  Palermo é a  maior cidade  
dessa Ilha e a quinta mais populosa da Itália. Em 3 de junho de 2015,o Comitê de Patrimônio da UNESCO, reunido na cidade de Bonn, na Alemanha, incluiu-a na Lista do Patrimônio Mundial.



Palácio Real ( Palazzo dei Normanni )

Na justificativa da UNESCO,  lê-se:  "  .....todos os edifícios que compõem o itinerário arábe-normando representam um valor universal excepcional, como um exemplo da convivência e da interação entre os diferentes componentes culturais, que são  de origem histórica e geográfica heterogênea( sincretismo cultural)...



Palácio Real ( Palazzo dei Normanni )

...Este fenômeno há gerado um estilo de arquitetura original, em que estão reunidos, admiravelmente, elementos bizantinos, islâmicos e românicos, capazes de produzir, muitas vezes, combinações únicas, de extraordinário valor artístico e extraordinariamente uniformes."



Detalhe da Catedral

Com toda essa riqueza artística e histórica, Palermo merece ao menos cinco dias para ver suas principais atrações. Destaco, a seguir, algumas delas, como muitas outras que também podem ser incluídas: a Catedral; o Palácio Real e a Capela Palatina; a igreja de São Domenico; o Museu Arqueológico Regional; a área dos Quatro Cantos; o Mercado Medieval ( Vucciria ); as ruazinhas da cidade toda, os oratórios, as muitas outras igrejas e os muitos e magníficos palácios.


Deixe-se surpreender pelas ruazinhas que descobre...


Para quem planeja visitar outras cidades da Sicília, é interessante buscar acomodação nos hoteis e hostais próximos à Estação de Trens, que está localizada no centro de Palermo e de onde se pode percorrer a pé todo o centro histórico. O Palácio Real pode ser o começo de um estupendo itinerário árabe-normando, pela sua representação de riqueza, de poder político e de cultura. Abriga hoje o governo regional siciliano.



Cristo Pantocrator da Capela Palatina


Contam que Guy de Maupassant, escritor francês admirado inclusive por outros escritores, ao ver a Capela Palatina, declarou que era a mais bela que existia no mundo, a mais estupenda joia religiosa imaginada pelo pensamento humano e executada pela mão do artista. De fato, o projeto  da Capela reuniu especialistas bizantinos, islâmicos e latinos, que criaram uma unidade arquitetônica, reforçada pela decoração em mosaicos.



Catedral - detalhes

 A grandiosa Catedral de Palermo, guarda, em seu interior, os túmulos dos imperadores da Sicilia, a começar por Frederico II e sua mulher Constança de Aragão. Fundada em 1184, mostra , no seu exterior, o desenvolvimento do gótico nos séculos XIII e XIV. Há influências , facilmente identificáveis, de vários estilos arquitetônicos. É grandiosa e requer tempo para vê-la....e paciência com o excesso de turistas no verão.



Catedral

Penso que é relevante incluir nos itinerários uma visita à Igreja de São Domenico de Palermo. Entrei nessa igreja no dia em que relembravam os 25 anos da morte do  Juiz Giovanni Falcone, assassinado, juntamente com sua esposa e três auxiliares, no dia 23 de maio 1992, por decisão da máfia. Pela atualidade e complexidade do tema - para muitos países - sugiro a leitura de:
http://www.elmundo.es/internacional/2017/05/23/59229b3ae2704e50198b4581.html



Igreja de São Domenico de Palermo


Considero obrigatório um passeio, com direito a compras. a Mercados Públicos ou às tradicionais feiras de rua. Em Palermo, Vucciria é um mercado imperdível, o maior da cidade, que lembra todo o passado árabe da Sicilia. Oferece variedade de frutas, verduras, carnes e peixes. Oferece, ainda, utensilhos para casa, roupas, antiguidades e milhares de quinquilharias. Sim! encontrei favas lá. Agora, quando alguém me mandar às favas, virei para Europa - mais elegante do que mandar a pqp...


Vucciria

" Bendito seja o mesmo sol de outras terras
Que faz meus irmãos todos os homens
Porque todos os homens, um momento no dia, o olham como eu.
E nesse bom momento
Todo limpo e sensível
Regressam imperfeitamente
E com um suspiro que mal sentem
Ao Homem verdadeiro e primitivo
Que via o sol nascer e ainda não o adorava.
Porque isso é natural - mais natural
Que adorar o sol e depois Deus
E depois tudo o mais que não há."

Fernando Pessoa


RIP