quarta-feira, agosto 03, 2016

Trem ou ônibus?

Centro de Granada


Quem não tem cão...caça com cachorro, dizia um amigo do Toro Passo, minha região, localizada entre Alegrete e Rosário do Sul...Lembrei-me dessa frase quando decidi qual o meio de transporte que eu usaria para viajar  a Granada e a Jaén.



Granada


Depois de comparar os preços, tive certeza de que iria de ônibus...ou de ônibus. Ida e volta, de ônibus, pagaria  38,13 euros. De trem, ida e volta, pagaria entre 110 e 130 euros, dependendo do horário e do tempo disponível para a viagem.


Catedral de Granada


Como tenho minha maravilhosa Tarjeta Dorada, pago, nos trens,  40% a menos, de segunda a quinta, e 25 % nos finais de semana. Essa Tarjeta pode ser feita em qualquer estação de trem, mediante apresentação de documento que comprove idade igual ou superior a 60 anos - uma das poucas vantagens do transcurso dos anos.  Mesmo assim, com disconto, o ônibus era mais conveniente...



Catedral de Granada

Ônibus não tem o charme e a comodidade do trem. Muito longe disso. Quando se tem tempo disponível, entretanto, dá para encarar algumas viagens alternando esses dois meios de transporte, considerando o custo. Estou tomando como referência, neste texto,  o ônibus espanhol em que viajo para a Andaluzia e o Trem AVE.


Centro de Granada


Os ônibus daqui têm particularidades estranhas para nós, brasileiros. O controle de bagagem, por exemplo, não existe. O trabalho do motorista restringe-se a abrir e fechar o bagageiro, onde cada pessoa vai acomodar sua mala e retirá-la no desembarque.  E é uma mala por pessoa: mais que isso, paga-se separadamente. Nas primeiras viagens, eu ficava preocupada, pensando que alguém poderia levar minha mala...e poderia, sem dificuldade nenhuma... mas nunca vi acontecer isso.



Granada

O espaço entre as  poltronas, tanto do lado, quanto da frente, é exíguo. Todo o tempo parece que a pessoa que vai atrás de ti, te dá um joelhaço nas costas...Lugar para bagagem de mão...só o colo de cada passageiro. Uma vantagem é a velocidade...mais de 100km/h.


Granada


Para ir a Granada, parte-se de Madrid Estación Sur - uma grande e moderna estação rodoviária. Chega-se a Granada numa estação menor, mas com escadas rolantes, banheiros muito limpos e boas cafeterias.. As passagens compro no www.alsa.com  Em Madrid, a estação rodoviária é também estação de metrô, o que facilita a vida dos viajantes. Fácil, fácil.


Granada

Como são quase 5 horas de viagem, há uma parada mais ou menos no meio do caminho. Sem ilusões!
um lugar bastante simples, sem especial  encanto nos arredores. Muita gente. Muitos ônibus semelhantes - e eu temendo entrar no carro errado ou esquecer o número daquele em que viajo.


Granada


Granada é minha cidade favorita na Espanha. Assim que desembarco, esqueço as vicissitudes da trajeto. Difícil  é o retorno. Além dos 430 km a  serem percorridos, o  distanciamento gradativo de um lugar de que gosto tanto. " É a vida..."



Granada
O melhor presente para quem vai a Granada, recebi de minha amiga Helô Lima: https://www.youtube.com/watch?v=7aj6mEeo8-M&feature=youtu.be