segunda-feira, agosto 15, 2016

Roteiro pela Polônia


Varsóvia 

A decisão de visitar a  Polônia incluía conhecer mais o  interior deste país tão bonito e tão diverso, com um povo corajoso e    trabalhador, resistente e  nacionalista, culto e  amante de sua história e de sua arte. Cabia, portanto, nessa decisão, uma visita a outras cidades, além de Varsóvia, a capital, e de Cracóvia, a segunda maior cidade polonesa.


Varsóvia

Escolha difícil, já que são muitas as cidades que atraem viajantes do mundo todo. Destacamos algumas, como Torún, a gótica cidade de Copérnico; Czestochowa, o mais importante centro religioso da País; Zelazowa Wola, onde nasceu e foi batizado Frederic Chopin. 


Posnán

Gdansk, onde não iremos desta vez , é conhecida por ter sido o local de início da Segunda Guerra e por ser a cidade-berço do Sindicato Solidariedade, liderado por Lech Walesa, que encabeçou as mudanças políticas e fez com que a Polônia iniciasse à saída do bloco da União Soviética. Está distante de Varsóvia 345 km. 


Posnán

Já que estaríamos na República Tcheca, nossa decisão foi tomada na visão do mapa, principalmente para otimizar o tempo disponível. Iríamos de ônibus desde Praga até a belíssima Wroclaw, cidade fascinante e lúdica, que muito nos encantou.  


Posnán

Após dois dias, iríamos para Posnán, cidade com mais de 600 mil habitantes e muitos anos de história. De Posnán para Varsóvia, onde ainda estamos,  são 303 km. Daqui,  iremos para Cracóvia. Tudo aconteceu em conformidade com o planejado - uma viagem bonita e tranquila.


Wroclaw

Cada uma das cidades visitadas - Wroclaw, Posnán, Varsóvia e Cracóvia - terão, separadamente, postagens no Correndomundo. Em Cracóvia, acompanharei meu neto a Auschwitz/Birkenau, para que ele veja um dos lugares mais dramáticos que conheço.


Wroclaw

Após a Polônia, seguiremos para Hungria - Budapest -  e para Áustria, fazendo , ainda, um bate-e-volta à Slovakia. O problema do mês de agosto é o número excessivo de turistas. Fora isso, a temperatura é agradabilíssima, e os campos e jardins estão bem bonitos. Bom mesmo que meus companheiros de viagem são maravilhosos. Obrigada, Adriana e Pedro. Dzie Kuje! Tomara que eu possa viajar mais com vocês.



Wroclaw

"Outrora eu era daqui, e hoje regresso estrangeiro,
Forasteiro do que vejo e ouço, velho de mim.
Já vi tudo, ainda o que nunca vi, nem o que nunca verei.
Eu reinei no que nunca fui"...


Fernando Pessoa


Wroclaw