sábado, julho 09, 2016

Noivas de Junho/2016


Rússia - San Petersburg

Sempre que o acaso me permite, escrevo e posto fotografias sobre casamentos, como em http://correndomundo.blogspot.com.es/2013/01/ate-que-morte-os-separe.html
Foram-se, com meu notebook  roubado na Bélgica, mais de 200 fotos de noivas - e afins - obtidas em diferentes países. Recomecei a coleção. Mostro, agora, fotos feitas na Rússia e na Espanha, no mês de junho p.p. e faço, sobre elas, algumas observações. 

Cenário em Avilés - Astúrias - Espanha

Na Rússia, é muito raro casamento religioso, mas isso não impede a noiva de vestir-se  da forma tradicional, nem  o casamento de ser um grande festerê - é parte desse evento o momento-registro-para-a-eternidade. Os noivos, muitas vezes acompanhados de familiares e amigos, com seu fotógrafo oficial, dirigem-se a lugares históricos e a cenários cuidadosamente escolhidos.


Avilés - Astúrias - Espanha

Na Rússia, em rituais tradicionais, o noivo vê a noiva somente depois de cumprir obrigações que lhe são atribuídas. Hoje, essas tarefas ou obrigações transformaram-se em brincadeiras propostas por amigos, como, por exemplo, chupar um limão sem alterar a fisionomia; lembrar a data do primeiro beijo, saber a cor dos olhos da futura sogra...



Rússia

Na Espanha, as despedidas de solteiro são brincadeiras propostas e acompanhadas por amigos. Vi muitas delas na rua - realmente o noivo fica pagando mico publicamente, como desfilar algemado e vestido de presidiário, enquanto o cortejo usa camisetas com frases alusivas ao evento ou fantasias combinadas com o mico.
Rússia

Acompanhei  preparativos para uma cerimônia de casamento em Avilés, Asturias. A ornamentação da escadaria, a colocação do tapete vermelho, a chegada dos convidados e do noivo e, por último, óbvio, da noiva. Curti os modelitos dos convidados: vestidos longos, mais compridos atrás, parecendo uma cauda; vestidos curtos, arredondados, parecendo um belo repolho; muitas joias e cabelos esculturados.


Avilés

Os convidados esperavam, na frente da antiga e magnífica igreja, a chegada  da noiva - os convidados e dezenas de curiosos como eu. Por sorte havia uma cafeteria, na frente da Igreja, com mesas na rua.Tomei um balde de café, com um delicioso bolo de amêndoas, enquanto via a banda passar e aguardava a passagem da noiva pelo tapete vermelho. Desta vez, não fui convidada para a festa - como já me aconteceu ...


Cenário - Catedral de Oviedo - Espanha

Em Oviedo, assisti alguns casamentos na Catedral. Como havia muitos fotógrafos e muitos convidados fotografando, pude fotografar noivos, padre e convidados tranquilamente. Fotos assim, feitas sem autorização ou consentimento das pessoas, costumo postá-las sem que possam ser, à primeira vista, identificadas.


Oviedo - Espanha

Algumas vezes, autorizam-me a fotografar - e até contribuem para que as fotos fossem mais interessantes. Encantam-me as mães dos noivos, entre nervosas e deslumbradas. Elas me recordam pinturas de uma maravilhosa  artista plásica - Sandra Knakfuss ( UFSM ) -  sobre esse tema. Sempre identifico essas mães, mesmo entre muitas pessoas.


Dispensa legenda

Já vi noiva belíssima, com veu e vestido todo vermelho, como também vi absolutamente toda a noiva vestida de preto. Vi noiva com vestido branco, cauda enorme, toda bordada, que cobria totalmente as costas, mas, na frente, aparecia somente um minúsculo short com uma mini- miniblusa. Já vi rituais culturalmente bem diferenciados.


Rússia

O meio de transporte que leva a noiva também me agrada ver: limousines brancas, carros esportivos, ferraris, carros antigos, todos bem decorados e facilmente identificados. Já vi noivas entrando na igreja acompanhadas por  pai - o que é mais comum;  avô - chorei emocionada; filhos de diferentes tamanhos;  e... sozinhas, como minha sobrinha Lu, que fez a mais triunfal e bonita entrada a que assisti.

Rússia - esperando os noivos - Parque da Universidade

Bom mesmo que ainda me encantam rituais de vida. Embora admire a arte cemiterial, e os cemitérios antigos me fascinem. Sempre que possível, no entanto, vou conhecer os famosos ou os de cultura diferente da minha - e fazer muitas foto. Não estou, realmente, curtindo os rituais de morte. Casamento continua sendo o meu preferido...desde que eu não tenha que ir à festa...


Rússia
" Mas que bom ter o propósito claro, firme só na clareza, de fazer qualquer coisa!"

Fernando Pessoa

PS. Adiciono - e agradeço muito - a contribuição magnífica da Helô ao texto. Tudo a ver com as músicas por ela mencionadas. Curtam muito...

Helô Lima
12:28
 
Aldema querida, que tema ótimo! Sabe que também acho lindas as cerimônias de casamento? E as marchas nupciais? Não são emocionantes?

Aqui no Brasil, a preferida das noivas é, sem dúvida, a de Mendelssohn. Extraída da suíte “Sonho de uma Noite de Verão”, baseada na peça teatral homônima de Shakespeare, ela é tocada no final da cerimônia de casamento entre a Rainha (enfeitiçada pela poção mágica de Oberon) e Bottom "orelhas de asno" :))
https://youtu.be/0Oo4z37OUEI

Particularmente prefiro a marcha de Wagner, um trecho belíssimo tocado no final da cena de casamento entre Lohengrin (que dá nome a ópera) e Elsa. Mas a ópera, baseada na literatura medieval germânica, é trágica.
https://youtu.be/5C5FOW2ekHo

Para encerrar, deixo um belo momento da boda real de Máxima Zorreguieta (argentina) e do príncipe Willem-Alexander (hoje rei da Holanda). Fosse no Brasil ou na Argentina os convidados certamente aplaudiriam entusiasticamente, não acha?
https://youtu.be/AYU-n7Ket-c

Beijos e até a próxima aventura!