sábado, março 26, 2016

Rio Uruguai : onde o " pescador se vai, se vai..."

Rio Uruguai em.....
São Carlos - SC
     




















Os rios me fascinam. Todos. Muito além da beleza aparente, penso na História e nos  mistérios que eles carregam. De muitos guardo lembranças bonitas e ( ainda!)   muito nítidas, como do grandioso Amazonas, com seus quase 7 mil km, de que vi a nascente no Sul do Peru; do Paraná  e do Paraguai, que se tornaram meus conhecidos quando trabalhei no Mato Grosso do Sul.
 

Rio Uruguai

Do Madeira - Mamoré, armazeno bonitas imagens  de passeios de barco, que fiz  na fronteira Brasil - Bolívia. Amo o rio Branco, que muito me fascinou em Roraima, quando lá eu ia trabalhar. Amo o rio São Francisco, o Velho Chico das andarilhadas entre Juazeiro e Petrolina. Minhas afetivas lembranças, entretanto, não estão relacionadas smente aos grandes rios. 

Adicionar legenda


Encancantam também rios como o Ibirapuitã, em Alegrete;  o Ibicuí e o Santa Maria em Rosário do Sul; o Mampituba, em Torres. Fora do Brasil, tenho lembranças lindas - essas  ainda  muito nítidas   também - do rio Nilo, no Egito; do Mississipi, nos Estados Unidos; do Ganges, na Índia; do Danúbio, principalmemte na Alemanha; do Reno e de muitos outros.

Rio Uruguai


Há poucos dias , admirei  o importante  rio Uruguai  numa região e numa perspectiva que  me era desconhecida :  no Oeste  de Santa Catarina,. Vi-o  ou muito próximo do Rio Grande do Sul, ou sendo divisa entre esses dois estados mencionados. O Uruguai  nasce na Serra Geral, origina-se da fusão entre os rios Pelotas e Canoas e deságua no Rio da Prata ou Mar del Plata. 



                                    Rio Grande do Sul visto das margens do Uruguai em SC


No idioma Guarani, a palavra Uruguai pode significar Rio dos Pássaros PintadosOutro possível significado  pode ser: Uru = fundo, profundo ;  Gua =  água ;  I =  rio. Seria, então, rio de águas profundas. Também poderia  ser rio das voltas, devido as curvas que faz no seu recorrido. No Rio Grande do Sul, é bem nosso conhecido porque  banha a cidade de Uruguaiana e serve de fronteira entre o Brasil e a Argentina.




Rio Uruguai


Com uma área de 385 mil quilômetros quadrados, composta pelo Uruguai e seus afluentes, a  Bacia do Rio Uruguai está na região Sul do Brasil, no norte do Uruguai e no leste da Argentina. Os principais  afluentes são : rio do Peixe, rio Chapecó, rio Peperi-Guaçu, rio Icamaquã, rio Apuauê, rio Passo Fundo, rio Ijuí, rio da Várzea, rio Quaraí e rio Inhandava. Em toda a sua extensão , envolve mais de 300 municípios gaúchos e catarinenses.




Na localidade de Goi-En, a 25 km do centro da cidade de Chapecó, está uma das grandes atrações turísticas da região : a Tirolesa ( www.facebook.com/tirolesa.interestadual). Esse equipamento, com 1300 metros de extensão, vai da cidade gaúcha de Herval Grande à cidade cararimense de Chapecó. Desenvolvendo alta velocidade, atravessa o rio Uruguai e propicia a visão de deslumbrantes paisagens. Se eu fui? Jamais! Olhei de longe!



                                                                             Tirolesa



Li que o Uruguai bem como os  seus afluentes vêm sofrendo com a contaminação e a poluição de suas águas por conta do alto uso de agrotóxico na região. Verdadeiro crime ambiental que nos atinge e atingirá, mais intensamente com certeza, as gerações futuras.  Economicamente é um rio importante, com destaque  para seu já comprovado potencial hidroelétrico.







Veja-se a informação sobre as principais hidrelétricas e suas localizações: - Usina Hidrelétrica de Itá (no rio Uruguai); - Usina Hidrelétrica de Machadinho (no rio Uruguai); - Usina Hidrelétrica Foz do Chapecó (no rio Uruguai); - Usina Hidrelétrica Binacional de Salto Grande (no rio Uruguai). 





Esta região continua incluída nos meus projetos de viagem. Gostaria muito de conhecer, detalhadamente, vários municipios do oeste catarinenses e ver ou rever alguns municípios gaúchos, que estão localizados na outra margem do rio Uruguai ou nas suas proximidades, como Ametista, Erechim e Herval Grande. Preciso, para isso, de tempo de vida...e de energia e saúde. Enchallah!




O Pescador
Telmo de Lima Freitas







De manhã cedo, arranca a isca e se prepara,
Rema que rema e dê-lhe remo sem parar.
Passa um dia, passa outro e ainda é pouco,
Fica doido, fica louco quando a linha quer correr.






Quando à noitinha, de ronda, no acampamento,
Tendo por quincha as estrelas e o chapéu,
Ele compara a lua que se destapa,
Com uma piava cor de prata que fugisse para o céu.

(O pescador se vai, se vai,
Remando a chalana no Rio Uruguai...) repete






No outro dia, vem de volta do pesqueiro,
Rema que rema e dê-lhe remo sem parar,
Ele imagina vendo o sol lá no horizonte,
Que é um dourado cor de fogo que ele não pode pescar.

(O pescador se vai, se vai......) repete