terça-feira, dezembro 01, 2015

O Tívoli da Dinamarca

Uma das entradas do Tívoli
Quando decido visitar um país ou cidade, busco sempre conhecer seu calendário de festas e eventos, mesmo assim já fui surpreendida por algo que a priori eu não ficara sabendo. Nesta viagem, por exemplo, minha irmã e eu chegamos em Sevilha exatamente na manhã em que acontecia um concurso de bandas tradicionais da Espanha, como parte dos festejos da Feira do Cavalo Andaluz. Foi ótimo estar lá, por acaso, nesse dia. A Abertura das Festas de Natal, no Tivoli, entretanto, havia sido identificada, estudada e incluída em nosso roteiro e programação.

Emoção!
Inaugurado em 15 de agosto de 1843, portanto com 172 anos de uma existência, o Parque Tivoli encanta adultos e crianças, dinamarqueses e visitantes. É o segundo parque mais antigo do mundo. O primeiro, é o também dinamarquês  Dyrehavsbakken - conhecido com Bakken simplesmente - inaugurado em 1583 e que continua em pleno funcionamento. Os dois são partes de uma longa história de entretenimento da bela Dinamarca.


Primeiro dia das comemorações de Natal em 2015, no Tivoli.
Contam que o Tívoli foi a inspiração de Walt Disney para criar a Disneyland na Califórnia, quando, juntamento com sua esposa, visitou-o - e certamente, como qualquer pessoa, encantou-se com o que viu. Os jardins do Tivoli e suas atrações  acolhem mais de quatro milhões de visitantes por ano, em seus 86 mil metros quadrados  plenos de beleza. Mesmo agora, no frio do último mês do outono, o espaço mostra cores, sons, recortes e formas surpreendentes e magníficas. As luzes noturnas ampliam e intensificam a beleza do Parque.


Custos e horários
Com motivos natalinos, atualmente, milhares de luzes iluminam portões, árvores, caminhos e atrações, incluindo lojas diversas, cervejarias, cafeterias, restaurantes e  espaços com música ao vivo diariamente. O contraste entre as pesadas roupas de frio e a leveza e magia de lugar dariam uma sensação de irrealidade, não fossem os gritos, especialmente de jovens e adolescentes, nas montanhas-russas tradicionais e em outros " brinquedos " mais modernos e ainda mais arrojados, como o  Demon que chega atinge uma velocidades de 70 km/h.

Grandiosidade e colorido
Estivemos no Tívoli na noite em que abriu para a temporada de Natal e , depois, para vê-lo durante o dia. Não estava tão lotado como na primeira vez em que lá estive, no verão, durante o Festival Internacional de Jazz. Fica, entretanto, muito bonito em todas as estações e em todas as horas. Fora da primavera e do verão, ele abre para curtas temporadas no Halloween e no Natal. Entre o Natal e o Ano Novo, acontece o Festival de Fogos de Artifício, a que nunca assisti, mas que dizem ser fantástico.


cores  e
Luzes,
                                           

formas.
                
O preço da entrada no Tívoli não é alto, considerando a diversidade na oferta de atrações. O acesso aos brinquedos é pago  separadamente. Pode-se ir , no entanto, apenas  para jantar ou , no período natalino, somente para tomar um vinho quente ( cujo nome não lembro ). Longas caminhadas podem ser feitas no seu interior, inclusive em áreas - como a oriental - que tem inspiração étnica. Vejam mais em: www.tivoli.dk


Minha irmã Zeli
Localiza-se  no centro de Copenhagem, de frente para a Estação Central de Trens e muito perto da importante Praça da Prefeitura (Rådhuspladsen). Ir ao Tívoli é bem o que se pode chamar de Programa-Família, pois , mesmo sozinha, a gente lembra, o tempo todo, de filhos, netos, sobrinhos, afilhados - enfim família e amigos. Aconselhável programa para todas as idades. È imperdível e indescritível no periodo das festas natalinas... ou sempre.




" Sonhei, confuso, e o sono foi disperso,
Mas. quando despertei da confusão,
Vi que esta vida aqui e este universo
Não são mais claros do que os sonhos são."

Fernando Pessoa

"Natal, Natal, das crianças ... "e dos adultos também.