sábado, dezembro 19, 2015

Helsingor e " O resto é silêncio"

Nas proximidades do Castelo....
Sobre Helsingor, Claudia Liechavicius, em seu  excelente blog de viagem, escreveu :  "... é uma pacata cidadezinha, no nordeste da Ilha da Selândia, na Dinamarca. Seria quase inexpressiva, não fosse seu passado. Tornou-se um ponto estratégico quando o Rei Erik VII, em 1429, resolveu cobrar tarifas de todos os barcos que passavam pelo Estreito de Oresund, para chegar ao Mar Báltico. Sua localização sempre foi considerada um privilégio para o país, pois é o local de maior proximidade geográfica entre Dinamarca e Suécia...!"  http://www.viajarpelomundo.com/2009/10/helsingor-e-o-castelo-de-hamlet.html

Centro da pequena Helsingor


Helsingor , com diferentes denominações conforme a língua do país ( Helsinger, Elsinore, Elsinor) , é uma cidade portuária, distante 40 quilômetros de Copenhagem,  com cerca de 60 mil habitantes e um contínuo movimento de barcos. É a cidade dinamarquesa mais próxima da Suécia. É muito limpa, florida,  bem cuidada e com bonitos edifícios, como a Igreja das Carmelitas,  e muita arte na rua, especialmente  interessantes esculturas.

Esculturas - arte na rua
Antes de irem a Helsingor - se o seu interesse maior for mesmo  o Castelo - verifique dia e horário em que as visitas internas são permitidas. Se o Castelo estiver fechado, a visita - ainda que externa - continuará a ser informativa e encantadora, pois jardins, pontes, pequenos detalhes externos, grandes esculturas, sistema de segurança típicos de uma época e a lindeza da água valem, entre outros motivos, o deslocamento até a cidade.

Centrinho com paisagem de final de outono
Em Helsingor , agora, no final do outono, além da decoração própria do período natalino, vêem-se  as árvores sem folhas e os troncos escuros - parecendo desenho feito a lápis -  em contraste com as cores alegres dos prédios, em geral pintados com diferentes tons de amarelo,  laranja, vermelho...Bonita paisagem. Como a cidade é pequena, pode-se percorrê-la facilmente antes ou depois da visita ao Castelo, sua atração maior. 
A grandiosidade do Castelo inclui seu entorno

Incluído pela UNESCO, no ano 2000, como Patrimônio Cultural da Humanidade, o Castelo de Kronborg - Castelo da Coroa - é o mais famoso da Dinamarca. Visitado, em média, por 200 mil pessoas todos os anos,  oferece, entre outras tantas atrações, uma espetacular vista - que alcança até a Suécia - e detalhes da história da monarquia mais antiga do mundo.

               
Maquete da construção propicia visão do conjunto
Sua construção teve início em 1420, como um  um forte, o Forte Krogen. Apenas em 1855 ganhou o nome atual e tornou-se, de fato, um castelo. Conhecido também com o nome de Castelo de Hamlet, por ser o cenário da mais famosa da obra teatral de William Shakespeare, em que Hamlet é o personagem principal. 
         
Castelo de Kronborg
Escrita entre 1599 e 1601, Hamlet, peça que recebe a classificação de  tragédia, tem como cenário a Dinamarca, mais especificamente, no interior das muralhas do Castelo de Kronborg . Parece mesmo que Shakespeare esteve no país e visitou o Castelo, embora pouco se saiba sobre isso. A tradição existe. O lugar é bastante visitado por pessoas ligadas a teatro. Há também muitos cartazes pela cidade, anunciando montagens teatrais - muitas de Shakespeare.

Fosso ao redor do Castelo
Em Hamlet, William Shakespeare enfoca, com profundidade, temas universais ,como amor, traição, ética, incesto, loucura , vingança e moralidade. Acrescente-se envenenamentos, suicídios, armadilhas e , inclua ainda, fantasmas, reis, rainhas, pais, padrastos, irmãos , irmãs e outras tantas figuras. Para quem não leu a obra, há um resumo-resumo  no http://www.resumoescolar.com.br/literatura/resumo-de-hamlet-a-historia-e-o-autor/  Há um outro resumo - esse mais detalhado - em https://pt.wikipedia.org/wiki/Hamlet#Sinopse


Castelo de Hamlet como é bastante conhecido
Do último site mencionado supra, copio o final desta peça de Shakespeare:
Horácio diz que será fiel ao: príncipe morrendo junto com ele, mas o primeiro não permite, tombando para trás e dizendo que a eleição cairá certamente em Fórtinbras. Hamlet morre, dizendo "O resto é silêncio". Fórtinbras invade o castelo com seu exército e ordena que "quatro capitães conduzam Hamlet como um soldado, para o catafalco. Os soldados carregam o corpo do príncipe; soa a marcha fúnebre, e, depois, uma salva de canhões.

Do alto, os canhões seguem mirando o mar...

Obs. Para quem gosta de água - barcos - navegação - aventuras marítimas - história naval, há , em Helsingor, o grande Museu Marítimo da Dinamarca. Esse Museu estava alocado no próprio Castelo, mas, em 2013, foi transferido para um moderno prédio próprio, numa área subterrânea, ali,
perto do Porto ...e do Castelo naturalmente, onde tudo fica próximo. 

Numa ponte, a mais assustadora das esculturas....

"Colhamos flores,
Molhemos leves
As nossas mãos
Nos rios calmos,
Para aprendermos 
Calma também.


Girassóis sempre

Fitando o sol,
...........................
Tranquilos..."

Fernando Pessoa


Centro de Helsingor




Zeli, minha irmã, em Helsingor