sábado, setembro 26, 2015

Cidade do México e Monumentos de Teotihuacán

Templo do Sol

Pense numa metrópole multifacetada, com vinte milhões de habitantes, caótica, colorida, barulhenta, assustadora num primeiro momento e fascinante logo depois.  Pense numa cidade onde você pode ver as obras de Diego Rivera, entrar na casa em que viveu Frida Kahlo e visitar a Basílica de Guadalupe. Pense na Cidade do México,  integrante da lista de Patrimônios da UNESCO desde 1988.


Coloridos que surpreendem...

Minha primeira impressão só podia ser ruim: do Aeroporto Internacional ao centro da cidade a distância é 13 km....o carro que me esperava, gastou 1h20min até o hotel. Tudo bem...17h - horário sempre complicado para se aportar a qualquer cidade grande. Cheguei um pouco cansada. Perto do hotel, num restaurante excelente, encontrei comida mexicana - uma sopa, onde não economizaram pimenta, salada e café. O preço, menor que nos US. Depois, voltei para o hotel.

Minha primeira refeição....de pimenta!

Dormi cedo ...e dormi bem. Levantei disposta a encarar , sob sol intenso, a Zona Arqueológica de Teotihuacán, especialmente as Pirâmides do Sol e da Lua, o Templo de Quetzalcoati e o Templo Quetzalpapálotl ( Mariposa Preciosa ). Um único problema: esqueci o protetor solar.  Embora tivesse comprado um chapéu, no final de 4h de  caminhadas por esse lugar, chamado em Nahuatl  pelo nome que significa lugar dos deuses - eu era quase um churrasco mal passado.    




Quetzalpapálotl....
Mariposa Preciosa






      

Quetzalpapálotl  é um templo  impressionante .A primeira etapa de sua  construção  deu-se entre os anos 1 a 200 d.C; a segunda, entre 200 e 450 d.C.  Foi durante esse último período que a Cidadela - nome dado ao lugar pelos espanhóis por parecer uma fortaleza  rodeada de muralhas com até 7 metros de alturafoi ampliada ao redor do templo, com o acréscimo de outras construções.

Pinturas multicoloridas no interior do Templo
Investigações mais recentes dizem que as estruturas colaterais do Templo seriam usadas como alojamento para membros da classe governante. Hoje, o tempo máximo de permanência nesse grandioso Templo é de 10 minutos, em grupo de , no máximo, 20 pessoas, que só podem fotografar sem flash.

Pirâmide da Lua
Detalhe da construção da Cidadela
                                                      
Erguida na parte norte de Teotihuacán, a Pirâmide da Lua é a estrutura maior depois da Pirâmide do Sol. Sua construção final foi realizada em frente à Calçada dos Mortos. Na parte superior dela, havia uma plataforma onde se realizavam cerimônias em honra de Chalchiutlicue, a deusa da água relacionada com a lua também. Frente à Pirâmide da Lua, está a Grande Praça, com um altar central, que, ao que parece, eram ali representadas danças religiosas.

Pirâmide do Sol
Pirâmide do Sol



               


A Pirâmide do Sol, construída sobre uma base  com 222 metros de lado, tem 66 metro de altura. Antes era bem mais alta.  No tempo da Colônia, entretanto, um bispo espanhol ordenou que fosse derrubado o templo que rematava a parte superior, porque nele havia um ídolo de pedra...Nos anos 70, descobriu-se, no meio da escada, uma passagem, com cerca de 100 metros, que levava ao centro da pirâmide, finalizando em quatro câmeras, onde diversos objetos arquelógicos ( religiosos) foram encontrados.

A Grande Praça
Somente Teotihuacán já fundamenta e justifica uma viagem ao México. A Pirâmide do Sol é a terceira maior do mundo, Em tamanho só é superada pela de Keops no Egito e pela de Cholula, quase um subúrbio de Puebla. Foi construída ao redor do ano 100 d.C. com três milhões de toneladas de pedra -  e sem uso de ferramentas de metal, animais de carga ou rodas. Se quiserem ter uma bela visão panorâmica do conjunto, basta subir os 248 degraus da Pirâmide. Só isso! Decidi que, se houver outra encarnação, encararei, então,  essa subida...

Pátio do Palácio Quetzal-Papaloti

Convém a pessoa estar atenta aos palácios , muitas vezes ofuscados pela grandiosidade das Pirâmides. O Palácio do Quetzal-Papalotl tem um belo pátio retangular, em seu interior, com pórticos para os quatro lados e todo decorado com relevos; O Palácio dos Jagares é decorado com felinos que têm conchas no lombo; o Templo dos Caracóis Emplumados tem pinturas murais bonitas e curiosas, como a de um pássaro regando , com o bico, uma flor. Há , ainda, um bonito Museu, no centro da zona arqueológica, junto à Pirâmide do Sol. Muito o que ver...com certeza!

Agave: riqueza de utilidadades
Após essas visitas todas, ainda me sobrou um pouco de energia para permanecer, durante uma meia hora, junto a um público que via um senhor explicar as propriedades do agave - conhecido também como maguey...Trata-se de uma planta da mesma famíla  da babosa, com mil e uma utilidades .... 


...fibras de agave 
Artesanatos feito com  fibras...




















Retirando, por exemplo,  o espinho que arremata as folhas, tem-se uma agulha com linha; a cobertura da folha permite fazer pegaminhos; as fibras se usam  para tecer variedade de peças artesanais; com o tronco, prepara-se a tequilla e um licor muito doce. Pode ser usada na elaboração de cremes, shampoos e sabonetes....Tive essa planta na Bela União e não sabia nada disso - como não sabia que se deve cortar o pendão de flores...ao contrário ela morrerá em pouco tempo.                                        

Música típica mexicana no Gran Teocali
Depois de um excelente almoço - grande buffet de comidas mexicanas e internacionais, ao preço de 20 dólares - no Restarante Gran Teocali, voltei para a Cidade do México com o objetivo de  ver a Praça das Três Culturas e visitar a famosa Basílica de Guadalupe. Envolta numa história que remete a 1531, segundo a qual Nossa Senhora aparecera a Juan Diego , um índio convertido, realizando milagres para que nele acreditassem e construíssem para ela um santuário. Espertíssimos...

Novo Santuário de Guadalupe
Em 1970, a antiga Basílica  de cúpulas amarelas, construída em 1700, tornou-se pequena e foi, então, construída esta nova Basílica  de Guadalupe, com capacidade para quarenta mil pessoas. Nas proximidades dela, um complexo religioso imenso, com Museu, Capela, Templo... Impressiona o número de pessoas que transitam por todo esse complexo, incluindo a grandiosa Praça Principal. Os milagres atribuídos a Guadalupe ajudaram muito a adesão dos mexicanos ao catolismo ( uma grande contribuição...) Atualmente é a Patrona do México.

Santuário anterior  à atual Basilica
Impressionante beleza
              





















A Cidade exibe uma variedade de bairros bem distintos entre si. O Centro Histórico tem muitos vestígios das épocas Pré-Colombiana e Colonial; a Zona Rosa, perto de onde me hospedei, é festiva e reduto de pessoas modernas; o bairro Polanco é conhecido como lugar luxuoso; e o Condessa, o bairro da moda. Coyoacán e San Angel - estúdio de Rivera e Kahlo - têm estilo colonial,  e Santa fé é região conhecida como lugar de gente rica.


Santuário de Guadalupe
Ainda nesta cidade, estão ruínas da antiga capital asteca - século XIV ; a Praça Principal que está entre as maiores do mundo; a Catedral Metropolitana, que é a maior da América Latina; o Palácio Nacional com o mural de Diego Rivera: Epopeia do Povo Mexicano em sua Luta por Liberdade e Independência; a famosa Casa dos Azulejos, com mais de 400 anos; o Palácio de Belas Artes, que iniciou sua construção em 1900, foi interrompida pela Revolução de 1910 e só foi concluído 34 anos mais tarde. No Alameda Park, um belo monumento a Benito Juarez, o querido residente dos mexicanos. Tudo isso e muito mais.

Admirável o artesanato mexicano
Estive dois dias na Ciudad del Mexico na chegada, e pouco mais de um dia na partida para Atlanta. Conheci , por isso, muito pouco dessa cidade que luta para apagar sua fama de perigosa e reduto do narcotráfico. Encantei-me com sua gente acolhedora, educada e gentil. Encantei-me com o Muralismo, a Arquitetura, o artesanato e a culinária.  Gostaria muito de a ela retornar. Recomendo.


Beleza em pedras
Variedade e beleza























"Yo Nezahualcóyotl 
lo pregunto:
¿Acaso de veras se vive con raíz en la tierra?
Nada es para siempre en la tierra:
Sólo un poco aquí.
Aunque sea de jade se quiebra,
Aunque sea de oro se rompe,
Aunque sea plumaje de quetzal se desgarra.
No para siempre en la tierra:
Sólo un poco aquí."

Nezahualcóyotl - 1402 - 1472


Artesanato unicamente ...
...com pedras.