segunda-feira, fevereiro 02, 2015

Toledo - a cidade de três culturas


Vista de Toledo e do Tejo (Tajo)

Quem vai a Madrid vai a Toledo certamente. Já acompanhei muitas pessoas nesse passeio - e sempre descubro algo. Desta vez, fui levar Pedro e descobri um fantástico mirante às margens do Tejo, no lado oposto à cidade. A vista do rio é fantástica - e a de Toledo idem. Fomos de táxi, antes de descer para a Estação de Trens. Valeu cada minuto. O mirante e o novo trem - AVANT - foram as descobertas da vez.

Pedro admirando as ruazinhas
Patrimônio da Humanidade pela UNESCO, desde 1986, Toledo está encravada no meio de montanhas, próximas ao Tejo - Tajo em espanhol. É uma cidade realmente medieval. O que a torna muito especial, entretanto, é a influência recebida de três povos : muçulmanos, judeus e cristãos.  No ano 193 a.C. foi conquistada pelos romanos. No ano 711, foi invadida pelos muçulmanos, ficando, depois, no poder de reis católicos.

Riqueza de detalhes na Sinagoga
Assim, no inverno e fora da alta temporada, pode-se curtir suas muitas atrações e  traçar suas encantadoras ruazinhas  sem o atropelo do excesso de turistas. Percorre-se todo o centro histórico a pé. Pode-se começar pela imponente Catedral - embora me encante mais a antiga Sinagoga Santa Maria La Blanca.  Desta vez, não fui ao Alcázar ( fortaleza muçulmana) que está na colina mais alta e onde hoje é um museu militar.

Sinagoga Santa Maria la Blanca
Onde está a Catedral, havia, durante o domínio muçulmano, a Mesquita Central de Toledo, que foi destruída em 1085. A Catedral demorou 250 anos para ser construída - arquitetura gótica em pedra. Possui pesadas colunas , que dividem o espaço em cinco naves  e  vinte e seis capelas laterais, onde valiosos tesouros artísticos podem ser vistos. O Coro impressiona pelas esculturas e pelos pilares de madeira entalhados. A Sacristia tem pinturas de El Greco e Van Dick. A entrada que se compra, inclui museus, claustros e capelas.

Ao fundo, à direita, o Alcázar de Toledo.
Apesar de ser a capital da Província de Castilla-La Mancha, Toledo é uma cidade pequena com cerca de oitenta mil habitantes. Foi capital da Espanha por um tempo, até Madrid ser escolhida por Felipe II.  Por longo tempo , judeus, muçulmanos e cristãos coexistiram sem maiores problemas. Essa base multirracial, entretanto, foi eliminada com o ultimato converta-se ou vá embora...mais ou menos como o nosso ame-o ou deixe-o dos anos sessenta.

Detalhe da muralha
Além de outras tantas igrejas, conventos, museus  e monastérios, é interessante reservar um tempo para as duas sinagogas da cidade - antes havia dez, somente na antiga juderia, o bairro judeu. Depois da expulsão dos judeus da Espanha, em 1492, foram diminuindo e, hoje, encontram-se ali a Sinagoga del Transito e o Museu Sefardi -  século  XIV - e a Sinagoga Santa Maria la Blanca - século  XII, que parece uma mesquita e que pertence ao bispado da cidade - uma mescla estranha, a começar pela própria denominação. Coisas de Toledo.

Interessantes lojas e galerias de arte no centro histórico
Penso que a grande atração da cidade é mesmo caminhar pelas ruas -  e imaginar que também el Greco passeou por ali, já que foi seu habitante de 1577 a 1614 e deixou em Toledo muito de seu legado, na sacristia da Catedral, na Igreja de Santo Tomé , na Capela São José, na Igreja Santo Domingo, no Hospital de Tavera e no museu que leva seu nome - onde se pode ver uma de suas obras mais conhecidas: Vista e Plano de Toledo.

O Enterro do Conde de Orgaz
Outra obra, bastante conhecida, de Domenicos Theotocopoulos - o el Greco - está na Igreja de Santo Tomé - é O Enterro do Conde de Orgaz ( foto retirada de http://es.wikipedia.org/wiki/El_entierro_del_Conde_de_Orgaz - onde também se pode ler um texto bastante claro e explicativo do quadro ).  Realizado em 1587, o quadro representa duas dimensões da vida humana: abaixo a morte; acima o ceu, a vida eterna. Vale uma visita.

Centro Histórico

Há bons restaurantes e cafeterias na cidade e vários albergues, pensões , hostais, pousadas e hoteis - embora usualmente as pessoas façam apenas um bate-e-volta a partir de Madrid, pois o trem faz o percurso em meia hora. Toledo é interessante para a compra de presentes e de souvenires. Há joalherias que vendem belas peças - certificadas - em prata ou ouro, por preços razoáveis. No centro, compram-se muitos objetos relacionados às três culturas , grande marketing da cidade. Como qualquer outro pais ou cidade, ler sobre sua cultura e história ajuda a apreciar e entender melhor o que está sendo visitado.




" Eras sobre eras se somem
No tempo em que eras vêm.
Ser descontente é ser homem.
Que as forças cegas se domem
Pela visão que a alma tem!"

Fernando Pessoa