quinta-feira, maio 15, 2014

Limone Sul Garda: beleza, sabor e paz.


Assim é Limone...
Limão, limone, limoncello, são nome que me lembravam a Costa Amalfitana e a Sícilia - Lindas e maravilhosas! Realmente eu não sabia que há, numa parte do Lago di Garda, grande produção de limões.E, em  Limone Sul Garda, encontram-se variados produtos feitos com limão siciliano : sabão, sorvete,  doce, sachê de roupa, azeite aromatizado e licor : o famoso licor italiano Limoncello.

Limoeiros, presença constante na cidade
Alguns amigos esforçaram-se para que eu aprendesse a fazer limoncello. Tempo perdido. Não tive interesse e , além disso, achei muito trabalhoso o processo todo. Para quem deseja mesmo aprender, transcrevo, a seguir, o link de uma receita bem semelhante àquela que meus amigos italianos tentaram me ensinar: http://www.saporeditalia.com.br/2013/02/14/limoncello-o-famoso-licor-italiano/

Chegando em Limone Sul Garda
Interessante que o nome da cidade, segundo eu li, não vem de limão, mas do latim limen , que significa fronteira, limite. Fiquei um pouco desencantada porque me agrada uma afirmação, bastante antiga entre alguns povos indígenas, referente a nomes dados a crianças: quando se dá o nome,  dá - se o destino.

Ancoradouro principal de Limone
Limone sul Garda é uma  cidade bem pequena, com cerca de 1100 habitantes, localizada na região da Lombardia, província de Bréscia, na parte norte do Lago, que é mais estreita e contornada por montanhas. Sua área total é de 26 km2, fazendo  fronteira com Molina di Ledro, Riva del Garda, Malcesine, Tremosine. É muito procurada por jovens de toda a Europa  para escaladas, windsurf esportes aquáticos.

Limões de Garda
Os limões têm sido cultivados em toda costa leste do Lago Garda desde o século XV. Em Limone Sul Garda, as primeiras grandes plantações  surgiram no século XVI, mas provavelmente seu destaque nesta localidade tenha a ver com as Casas de Limão ou "Sardi, com seus terraços de pilares brancos,  hoje raramente visíveis. Não tivemos, lamentavelmente,  tempo paras visitar o Museu  da Casa do Limão.

Cores e paz nesta pequena cidade
Na entrada de Limone, há um capitel - extremidade superior de uma coluna - dedicada a São João de Pomuk, conhecido também como São João Nepomuceno, patrono contra calúnias. Conta-se que foi torturado e assassinado, em Praga,  a mando do rei Venceslau IV, porque se negou a revelar os segredos da confissão da rainha.É provável que hoje ele seja um inconformado com fofoqueiros e alguns marqueteiros.

Pequenos ancoradouros
É realmente uma cidade bonita e confortável - com muitos hoteis, restaurantes e cafeterias. Pode ser visitada em poucas horas...mas merece mais tempo para ser devidamente apreciada. Sedutora com os visitantes, muito amada por artistas e escritores....

Ruazinhas do centro histórico
Goethe , nascido em Frankfurt, em 1749, considerado o mais importante escritor alemão e que muito  influenciou a literatura mundial, no seu livro Viagem à Itália, definiu Limone Sul Garda como um espetáculo de riqueza e graça. Relembrando agora essa cidadezinha, que comove por sua beleza, eu penso ter sido injusta quando não a incluí na minha listinha com sugestão de cidades a visitar no Lago di Garda. Limone merecia essa inclusão. Desculpe!

Rua principal

"Não sei qual o caminho - se o que passa
Por onde entre o arvoredo o atalho vai
Se o que é a estrada extensa,que se traça
Como um vinco na terra, de onde sai.



Limone






Não sei,não sei. Porque ou atalho ou estrada
São terra, e o que importa é como andar:
Nem pesa muito a estrada ir dar a nada,
Nem o atalho a nada ir dar.


Limone
Vale só o quem anda, que é quem vive.
Assim, adulto do que quis fazer,
Vou caminhando para o que já tive
Sabendo bem que o não poderei ter."


Fernando Pessoa

Limone