quinta-feira, maio 08, 2014

Gardone Riviera

Travessia para Gardone
Interessante! Encantou-me muito mais a chegada e a saída de Garbone do que toda a visita a ela. Com história e atrações semelhantes a outras cidadezinhas do Lago, foi ótimo visitá - la...mas não simpatizei com ela. Foi para a lista do não preciso voltar aqui.

Aproximação de Gardone
De diferente mesmo, o que ocorreu no século XIX, quando veio morar em Gardone um riquíssimo austríaco, L.Wimmer, que buscava um lugar para curar-se de doenças pulmonares. Gostou tanto do lugar, que o tornou conhecido entre nobres e burgueses da Europa Central e o lugar preferido desses europeus para temporadas de inverno.

Grande Hotel Gardone, que foi hospital também.
Construiu o Grande Hotel Gardone e outras estruturas hoteleiras. Fez da cidade um destino da moda na época. Esse deslumbramento durou até iniciarem os conflitos da I Guerra Mundial, com a Itália opondo-se aos impérios da Europa Central. Propriedades foram confiscadas e transformadas em quarteis e hospitais.

Antiga igreja  no centro da cidade
Depois da guerra foi habitada por italianos, entre os quais dois bem nossos conhecidos: Gabriele D´Annunzio e, mais tarde, Clara Petacci. Próximo ao final da Segunda Guerra, instalaram-se líderes fascistas da República Social de Mussolini. Bom lembrar que , entre as 10 empresas mais antigas do mundo, uma é de  Gardone - a Beretta, fábrica de armas desde 1526 , ainda liderada por descendentes diretos do Fundador. .

Ruas floridas
Faltou-me desejo de visitar Il Vittoriale, o mais famoso monumento da cidade.D´Annunzio comprou, em 1921, a mansão que pertencera a Wimmer e construiu , nos 9 hectares ao redor da mansão, dezenas de espaços grandiosos ( teatros, salas especiais, auditorios...), que, segundo dizem, satisfez a vaidade e a mania de grandeza do Poeta.

Combinação de cores em toda a cidade

No mais, encantaram-me, em Gardione Riviera, a exuberâncias das árvores e a beleza das flores. Dizem que o clima do lugar é bastante propício à flora - o que pode ser ainda mais visível no grande Jardim Botânico da localidade. Gostei de ter visitado a cidade...não preciso retornar lá - ando economizando tempo e vida.

Amores-perfeitos
" Guardo ainda, como um pasmo
Em que a infância sobrevive,
Metade do entusiasmo
Que tenho porque já tive.

Quase às vezes me envergonho
De crer tanto em que não creio.
É uma espécie de sonho
Com a realidade ao meio."

Fernando Pessoa
Lago di Garda