quinta-feira, abril 17, 2014

Sirmione, a Pérola do Lago di Garda.

OBS.Texto sem revisao.
Castelo Medieval de Sirmione - Rocca Scaligera
Sugestoes, informacoes e um pouco de sorte levaram-nos a escolher Sirmione como base para nossos 12 dias no Lago de Garda. Por informacoes e um pouco de sorte tambem, escolhemos e reservamos o Hotel Luna , no centro historico, para permanecer esses dias. Realmente, um tres estrelas simples e agradavel,  com direcao e gerencia da familia -  pessoas disponiveis e bem informadas - excelente localizacao e boa relacao qualidade/preco.

Centro Historico da Cidade

Sirmione,comuna italiana da região da Lombardia, província de Bréscia,  eh um encanto de cidade, por muitos conhecida como Perola do Lago di Garda. Localizado na Peninsula do  mesmo nome, numa faixa estreita de terra , que emergiu da cadeia rochosa que divide a parte inicial do lago . Eh toda bonita, com estreitas ruas  medievais e grandiosas ruinas romanas.

Restaurante no Centro Historico
Estende-se por uma área de 33 km², tendo hoje cerca de 8000 habitantes e uma densidade populacional de 193 hab/km². Faz divisa com Castelnuovo del Garda, Desenzano del Garda, Lazise , Padenghe sul Garda, Peschiera del Garda.  Eh charmosa, bem conservada, com muitos hoteis,  restaurantes, sorveterias e cafeterias - excelentes!

Deliciosos sorvetes em muitas e variadas sorveterias
O desenvolvimento turistico da cidade ampliou-se a partir dos anos cinquenta. Como caracteristica fundamental, conserva ,ainda, tranquilidade, repouso e silencio. Lugar excelente para viagens em familia, inclusive com criancas. Ha muitas possibilidades de praticar esporte nautico e de frequentar o Centro Termal, considerado um lugar benefico para saude, em razao de suas multiplas piscinas  com agua de diferentes temperaturas.

Odete e eu em Sirmione, na ida a Grotte di Catullo
'E interessante  observar que a Peninsula esta, artificialmente, transformada em ilha, porque um fosso escavado, junto ao Castelo,  construido por razoes de defesa, dividiu o istmo da entrada da cidade. Na extremidade junto ao lago, ha tres colinas, que tem cerca de 90 metros de altura: Cortine, San Pietro e Grotte di Catullo - lugar lindo para uma boa caminhada, com atencao a varios pontos historicos.

Castelo - e a ilha que artificialmente se formou
Sirmione 'e  habitado desde tempos antigos. No periodo romano, foi lugar de parada para aqueles que transitavam entre Verona e Brescia. Ao redor de 2 mil anos, aconteceram aqui grandes batalhas. Esteve sobre o dominio veneziano por mais de tres seculos e tambem pertenceu aos franceses e aos austriacos. Por sorte, nao sofreu grandes danos nas ultimas grandes guerras.

Catulo em Sirmione

No extremo da Peninsula, ha  um grande palacio , cujas ruinas se avistam do lago `a medida que o barco se aproxima. Provavelmente, tenha pertencido ao pai do grande poeta Catullo  ( Gaius Valerius Catullus,87 a.C. / 54 a.C.) que exaltou Sirmione em varios de seus versos, tornando o lugar conhecido e famoso.
 Grotte di Catullo

Esse extraordinario local, no seu conjunto, hoje 'e denominado Grotte di Catullo, pois  guarda os restos da antiga casa, conhecida como A Casa de Catullo. O complexo todo impressiona muito. Particularmente, encantaram-me as velhas e majestosas oliveiras, que se espalham por toda parte. Ha belos caminhos para percorrer e , do barco, pode-se ter uma visao ampla de toda a sua grandiosidade.

Ruinas romanas vistas do barco

O nome Catullo eh bem lembrado aqui - de avenidas a bares. No ancoradouro principal, estah o busto do poeta; em pedra, ha  gravacoes de seus versos que referem a Sirmione. Outros escritores tambem escreveram sobre esta cidade, como Giosuè Carducci, Antonio Fogazzaro e Gabriele D'Annunzio.

Versos de Catullo
Maria Callas, cantora lírica americana de ascendencia grega e considerada a maior soprano e cantora de todos os tempos, tambem eh um nome bastante conhecido. Teve uma belissima vila em Sirmione, defronte a  um parque que agora leva seu nome.A grande Maria Callas eh  nome de rua e nome de um alegre bar na cidade.

Parque Maria Callas
Rocca Scaligera eh o fascinante castelo medieval - mencionado acima -  que confere a Sirmione marcante beleza e identidade. Sua construcao iniciou-se na metade do seculo XII e , conforme o periodo de dominacao , outros complementos lhe foram sendo acrescentados pelos novos donos do poder, assim como novos emblemas e simbolos dos dominadores da vez.

Torre da Rocca Scaligera
Pontes elevadicas, muralhas duplas, fossos com agua e outros tantos artificios, intensificavam a seguranca do castelo.Uma torre, chamada de Torre da Homenagem, com mais de 30 metros de altura, podia lancar, sobre os assaltantes ou possiveis invasores, azeite quente e pedras - procedimento bastante usado na defesa de castelos e cidades. Hoje, pode-se subir por essa torre e desfrutar do alto uma vista belissima do lago.

Igreja de Santa Maria

No seculo VIII , ja existiam em Sirmione tres igrejas: Sao Salvatore ( 765 ), a Abadia de Sao Martino e um pequeno monasterio construido para uma das rainhas. Defronte ao castelo, estah  a Capela de Santa Ana, destinada a receber as oracoes dos soldados. Na rua Vittorio Emanuele, a mais movimentada da cidade, esta a Parrocchiale di S.Maria Maggiore, onde assistimos `a missa do Domingo de Ramos e ganhamos muitos ramos de oliveira, devidamente bentos.

Ramos bentos para os amigos...
O comercio da cidade eh intenso e diversificado. Encontram-se roupas e acessorios para todos os gostos, incluindo obras de arte e joias delicadas e criativas - e caras para meu padrao de consumo. Encantaram-me as ceramicas oriundas de Bassano di Grappa, com pecas uteis e bastante originais. Nos supermercados e pequenas lojas, estao especiarias, frutas, queijos, salames, presuntos, paes, massas  e verduras divinas - mas divinas todas elas!

Ceramica de Bassano
Percorrer o Lago eh bastante facil. Para andar de barco, basta  dirigir-se  a Marina da cidade e informar-se quais tickets e horarios se adequam ao que você quer. Existem passes diários, com número de viagens ilimitadas, que cobrem todo o lago por € 26,40 ou € 21,50 por pessoa, dependendo da tarifa - crianças pagam €13,50. 

As oliveiras sao muitas e importantes para a economia local

Embora eu ja conhecesse uma parte do Lago di Garda, nunca havia permanecido por tantos dias nesse lugar tao pacifico,bonito e agradavel.  Gostaria de retornar a Sirmione. Mas, como sempre estou dizendo, vai me faltar vida para ver ou rever  lugares deste mundo grande e bonito - apesar de mal cuidado por aqueles que se pensam donos da terra e que sao tao transitorios quanto qualquer um de nos.
Vista do lago desde Sirmione