quinta-feira, maio 03, 2012

República da Irlanda: Kilkenny



O Condado de Kilkenny situa-se no sudeste da Irlanda, na Província de Leinster. Sua capital é a cidade de Kilkenny, com uma população ao redor de 25 mil habitantes, que eu jurava ser bem maior, principalmente pelo número de cafeterias, pubs, restaurantes, comércio ativo e  gente circulando.
Considere-se que há muito turismo nessa cidade e que há muitos estudantes de inglês em toda a Irlanda - também aqui.
Kilkenny é a cidade natal de James O´Neill, pai de Eugene O´Neill, o famoso dramaturgo, nascido em New York, que recebeu o Nobel da Literatura em 1936.
Aquela sensação de contrair o estômago e prender a respiração, eu a senti algumas vezes, no caminho para essa cidade  e na entrada dela. Estrada e cidade são realmente muito bonitas.
Kilkenny , que foi capital medieval da Irlanda, possui inúmeros atrativos, sendo um lugar turístico por excelência com diversos locais para visitar,  incluindo lugares de compra bem interessantes. Há um centro de design , onde se pode ver o artesanato típico da região. Encontram-se nele delicadas roupas de cama e mesa, belos casacos de tricô irlandês, objetos, utilitários e decorativos, em cerâmica e vidro, jóias com design de inspiração céltica, roupas bastante originais e elegantes. Para uma cidade turística, os preços me pareceram razoáveis.

Imprescindível visitar o Castelo e seus jardins, que são muito extensos e cuidados visível  esmero;  a Abadia fundada em 1255; a Rothe House, datada do século XVI;  a Catedral com mais de 800 anos. Muito agradável caminhar por suas ruazinhas e ver construções e jardins bonitos.

O Castelo de Kilkenny é tão importante para a região que foi o local escolhido para a reunião da Assembléia Geral, ou Parlamento, do Governo Confederado da Irlanda, na década de 1640, e, atualmente,  as cerimônias e premiações dos diplomados do "Kilkenny Campus" da National University of Ireland, Maynooth, ocorrem, desde 2002, no seu interior.

Sua construção  remonta ao ano 1190, quando William Marshal, conde de Pembroke, lançou a sua primeira pedra no mesmo lugar em que já se erguiam as antigas torres, das quais três chegaram aos nossos dias.

Em 1270, o Castelo passou para Sir Gilberto de Bohun, que o herdou de sua mãe, juntamente com o Condado todo. No ano de 1300, esse nobre foi expulso por Eduardo I de Inglaterra, mas retornou e reinstalou-se, em 1303 no mesmo Castelo, conservando-o até à sua morte, em 1381. A família manteve -o até meados do século XX, quando o vendeu para uma Comissão de Restauração.

No ano de 1967, foi transferido para o Estado, remodelado e aberto à visitação pública. Impressionam muito as fontes, esculturas, portões  jardins e  extensas terras pertencentes . Impressiona também nele a parte interna, em que se destacam a biblioteca, o salão, a ala chinesa e a chamada "Long Gallery", onde parte do acervo da National Art Gallery está  em exposição.



O Castelo de Kilkenny  constitui uma das grandes atrações da cidade. Toda a cidade, entretanto, é muito agradável de ser visitada. Em pouco menos de duas horas, retorna-se a Dublin, sempre por estradas com paisagens de sonhar com paraíso.