sexta-feira, maio 04, 2012

Inglaterra : Liverpool

No Porto de Liverpool
Situada no oeste da Inglaterra, próxima ao mar da Irlanda,  e conhecida por ser a cidade onde, nos anos sessenta, surgiram os Beatles, Liverpool é  bastante conhecida e importante para o país, sendo inclusive o segundo maior porto britânico.

Além dos Beatles, tão famoso grupo de rock , o futebol é outra paixão desse lugar. O Liverpool F.C. é o time inglês com mais títulos e arrasta multidões aos estádios. O Everton F.C. e o Liverpool F.C. fazem um dos clássicos de futebol mais antigos do mundo.

Com mais de 800 anos de existência - seu surgimento como cidade data de 1207 - e cerca de 500 mil habitantes , é a quinta maior cidade da Inglaterra. Em 2008, foi declarada a Capital Europeia da Cultura, tendo recebido, em um ano, trezentos eventos culturais - quase um evento por dia - vinculados, em especial,  à musica, ao teatro, à dança e à literatura .

Ronald e Mile em Albert Dock
De vila de pescadores , no século XII, transformou-se num dos mais importantes centros comerciais e industriais da Inglaterra, prrincipalmente pelo porto, onde as velhas docas foram restauradas e tombadas pela UNESCO, tornando-se elegantes lojas, cafés, restaurantes, bares, museus e galerias. Assim, atualmente, é um fantástico e imenso complexo de entretenimento. Nos fins de semana - e, por sorte, fomos visitá-lo num sábado - a área toda é fechada para carros e milhares de pessoas passeiam  por ali, onde ocorre um conjunto de atrações interessantes, diversificadas e divertidas.

Área do porto em final de semana

Diariamente, partem do Albert Dock, região das docas,  os principais tours por Liverpool. Um deles é o Magical Mistery Tour, que passa por todos os principais pontos temáticos sobre os Beatles. Outra possibilidade é  fazer um  passeio  de barco pelo rio Mersey, de onde se pode fotografar os três edifícios-símbolo da cidade: o Porto de Liverpool, o Cunard, antiga empresa de navios, e o gótico Royal Liver Building. Seu relógio, no topo, é maior que o Big Ben de Londres.
Infelizmente vou lembrar Liverpool como uma cidade que pouco tracei e onde muito dormi - verdade que saí dela bem melhor do que cheguei - ao menos, estava sem febre. Foi pouco o que vi - mas o que vi foi bem interessante.
De Liverpool, fomos de trem  para Chester e , de lá, em outro trem, para Cardiff, no País de Gales.