quinta-feira, fevereiro 09, 2012

Recortes da Cultura Gaúcha

Esquila na Bela União

As fotos aqui publicadas, eu as fiz em outubro de 2011, no Rio Grande do Sul, na Região da Campanha, nas proximidades do Uruguai e da Argentina. Elas mostram a realidade, ainda existente,  da Tosquia, da Tosa ,da Esquila a Martelo - diferentes nomes para a atividade anual e manual da retirada da lã das ovelhas, em geral nos meses de setembro ou outubro.







Trata-se de um trabalho árduo a que se dedicam os esquiladores que, quando hábeis, conseguem tosar mais de  trinta ovelhas por dia. Telmo de Lima Freitas, conhecido cantor e compositor de música regional  gaúcha, escreveu sobre o Esquilador. Nessa canção, destacam-se vocabulários tipicamente Sul-Riograndenses, descrições do ato de tosar e das condições - social e existencial -  dos antigos tosadores ( http://letras.terra.com.br/telmo-de-lima-freitas/740284/ )



           





"Quando é tempo de tosquia já clareia o dia com outro sabor.
As tesouras cortam em um só compasso enrijecendo o braço do esquilador

Um descascarreia, o outro já maneia e vai levantando para o tosador .

Avental de estopa, faixa na cintura e um gole de pura pra espantar o calor
Alma branca igual ao velo, tosando a martelo quase envelheceu


 Hoje perguntando para a própria vida pr'onde foi a lida que ele conheceu

Quase um pesadelo, arrepia o pelo do couro curtido do esquilador
Ao cambiar de sorte levou cimbronaço ouvindo o compasso tocado a motor

A vida disfarça lembrando a comparsa quando alinhavava o seu próprio chão
Envidou os pagos numa só parada, 33 de espada, mas perdeu de mão.


Nesta vida guapa vivendo de inhapa, vai voltar aos pagos para remoçar
Quem vendeu tesouras na ilusão povoeira, volte pra fronteira para se encontrar
Volte pra fronteira para se encontrar".

http://youtu.be/HvjIqEHQmaQ