terça-feira, novembro 01, 2011

Para quem semeou beleza...estas flores

Quando estou viajando, fico muito,mas muito, sensível e emotiva. Lembranças afloram com intensidade e ,com  elas, tristezas e alegrias.
Desde que cheguei em Cracóvia, tenho sentido muita saudade de Gugu.Relembro cada passeio que fizemos aqui, em 2007. Há momentos que me parece escutar os passos dele, ouvir-lhe a voz e o tom de entusiasmo e admiração a cada monumento ou evento que víamos.
Chorei muito hoje. Recebi, pela manhã, um e-mail da Bahia em que Lúcia, minha muito querida amiga, avisava-me da morte de Deolinda, mãe dela e uma das pessoas mais doces, criativas e sábias  que conheci..Foi um dia marcante em que agradeci pelas pessoas inesquecíveis que passam ou passaram pela minha vida. Num momento pensei que o mundo seria mais bonito, harmônico e generoso se todas as pessoas tivessem a sorte de conviver com Gugus, Lúcias e Deolindas.