sábado, setembro 10, 2011

Lisboa e Sintra : anotações breves





















. Pode-se comprar uma passagem de trem, ida e volta, por 5 euros, e ir da Estação de Rossio (centro de Lisboa, perto da Estação de Metrô Restauradores) à Estação Central de Sintra. Trens chegam e partem a cada 15 minutos, e você fica quanto tempo quiser. Chegando, pode-se usar ônibus,táxi ou caminhar muito! Em excursões, cobram-se até 50 euros ;

. de Lisboa a Sintra, passa-se por estações com nomes interessantes, como Benfica e Reboleira - conheço, no Rio Grande do Sul, a palavra reboleira como um amontoados de árvores e arbustos;

. vale a pena ir a Sintra nem que seja só para ver o Parque e Palácio Nacional da Pena, expoente maior , em Portugal, do Romantismo do Século XIX. A mistura de estilos é bem visível e interessante.

.Sintra é Patrimônio Mundial, na categoria de Paisagem Cultural, pela  UNESCO, desde 1995 - justiça feita a essa Serra com tantos palácios, igrejas, quintas e fontes belíssimas;

Palácio Nacional da Pena



















. em visitas anteriores à Sintra, vi outros lugares belíssimos , como o Castelo dos Mouros, o Palácio Nacional de Sintra e o Convento dos Capuchos. Desta vez, entretanto, concentrei-me no Palácio da Pena , principalmente pelos azulejos - uma das razões por que  gosto tanto dessa cidade. Os azulejos da sua Estação de Trens  também são bonitos e delicados;

. o Palácio Nacional da Pena está construído, a quase 500 m de altitude , por D.Fernando II, sobre as ruínas de um antigo convento de frades Jerônimos.

. Estão sendo usados cartões  eletrônicos recarregáveis para diferentes tipos de transportes da região de Lisboa, denominados Viva Viagem. Esses cartões têm a duração de um ano após a sua aquisição e podem ser recarregados sempre que necessário. Apreciei essa mudança. Imaginem quanto lixo deixa de ser produzido em um ano. Bom para o planeta, bom para todos nós;

Estação Central de Sintra



















. come-se muito bem em Portugal. Uma vez fiquei  12 dias viajando por esse país e comi 12 bacalhoadas!Desta vez , além do bacalhau diário, acrescentei à minha dieta, pastéis de nata e croquetes...de bacalhau naturalmente. Comia também um pastel  , chamado travesseiro, feito com uma massa finíssima, parecendo uma seda, e recheado com amêndoas;

. continuando a construção do meu Curriculum espiritual, visitei , em Lisboa, a interessante igreja da Paróquia de Santos, que teve seu início numa pequena ermida, erigida pelos cristãos em honra dos três irmãos - Veríssimo, Mássima e Júlia - perseguidos pelo imperador Deocleciano, em 303 d.C, martirizados e mortos por não renegarem a fé cristã;

Pastéis de nata e travesseiro de amêndoas



















. há uma estação de Metro , em Lisboa, toda "decorada" com belos textos, como este: "É preciso muito caos interior para poder parir uma estrela que dance."

. nota-se , em Portugal, como de resto em toda a Europa, incentivo constante para o uso da bicicleta como meio de transporte;

. foi a quinta vez que estive em Portugal e foi a primeira vez que não discuti com motoristas de táxi. Eles não melhoraram, penso; eu é que fiquei mais paciente. Custou -nos , do aeroporto ao hotel, 20 euros e uns 10 min de passeio; do hotel ao aeroporto, 10 euros e um tempo menor. Os piores taxistas, para mim, no entanto, continuam sendo os do Leste, principalmente os de Praga..