quinta-feira, setembro 08, 2011

"Alegretenses Desgarrados"

Daniel e Ronald

Daniel vive em Lisboa e faz parte do grupo "Alegretenses Desgarrasdos", no Facebook.  Encontrei-o, ali , quando eu estava organizando a bagagem para viajar, começando por  Portugal. Prontifiquei-me a portar-lhe encomendas de primeira necessidade, como erva - mate, cuia, bomba e charque. Ele ficou feliz com o oferecimento. Levei o que  me havia pedido e acrescentei, ainda, uma bombacha, daquelas com fofos ou favos nos lados. Foi tudo fácil de encontrar devido a proximidade da Semana Farroupilha.

No dia e hora combinados, Daniel e Raquel, uma portuguesinha linda, sua encantadora noiva, foram ao hotel em que estávamos hospedados. Foi uma visita muito agradável. Eles, felizes com os presentes.Nós, felizes com o encontro.

Camargo, Ronald e Billy
Dois dias depois, nova visita. Dessa vez, Daniel e Raquel retornaram acompanhados de dois outros gaúchos :  Camargo, de Pelotas,  e Billy , também de Alegrete . Os três estavam devidamente  pilchados  como podem ver nas fotos aqui postadas. Contaram-me curiosas e interessantes histórias de suas vidas - da chegada em Portugal  às experiências vividas nas terras portuguesas. Camargo é o  cônsul  Rio-Grandense. Organiza churrascos e fandangos, com a apresentação de artistas gaúchos. Conserva, apaixonadamente, as tradições do Sul. Tem até um programa de rádio, dirigido à gauchada! Organiza, agora, um cantinho gaúcho, para onde prometi - e mandarei - mapas e cartazes. Foram momentos ótimos.

Raquel, Ronald,Camargo,eu , Billy

As redes sociais  contribuem para nosso conhecimento e entendimento desses processos de integração e/ou assimilação. Contribuem , ainda, como neste caso, para o exercício da solidariedade e para o despertar de novas amizades. Tudo depende de quem as usa naturalmente.
Recebi presentes de meus novos amigos: livros de autores portugueses, incluindo um livro bilíngue - português/inglês - de Pessoa, de onde transcrevo, agora,  o texto seguinte:

"Agir, eis a inteligência verdadeira. Serei o que quiser. Mas tenho que querer o que for. O êxito estará em ter êxito, e não em ter condições de êxito. Condições de palácio tem qualquer terra larga, mas onde estará o palácio se não o fizermos ali? "  Fernando Pessoa