domingo, novembro 21, 2010

Tunisia - Tunis


Ulisses,ouvindo o canto das sereias.

A Tunísia é um pequeno país em extensão, com onze milhões de habitantes, situado entre a Cordilheira do Atlas e o Mar Mediterrâneo. Possui 1300 km de costa e belas praias, frequentadas, pricipalmente, por europeus. O Saara ocupa 40% de seu solo ( aprendi que Saara, em árabe, significa deserto. Logo é inadequado dizer Deserto do Saara, que seria como dizer deserto do deserto).

 
A base de sua economia assenta-se na exportação, em escala mundial, de fosfato,  de azeite de oliva e de tâmaras. Assenta-se , ainda,  no turismo sempre crescente.

Parece-me, no entanto, que o maior tesouro tunisiano é constituído por seu patrimônio histórico, vinculado, entre outros,  a Cartago, que foi declarada Patrimônio da Humanidade, pela UNESCO, em 1979.

Torre do Relógio

Hoje, além de visitar Cartago, fui ao Museu de Bardo, admirável pela arquitetura do palácio onde está alojado e pela coleção de mosaicos romanos, pertencentes, em especial, ao período situado entre os séculos II e IV. Encantou-me, entretanto, mais do que os mosaicos romanos, o mosaico grego ( parte dele na foto 1), que conta a fascinação de Ulisses pelo canto das sereias.

Inesquecível a Medina de Tunis - Patrimonio da Humanidade - com sua mesquita do século VIII ao centro, circundada pelo grande mercado ( souk), onde se vendem de tapetes e jóias finas  a frutas e especiárias.
A cidade nova também tem seus encantos. A charmosa Torre do Relógio , na Avenida Habib Bourguiba , a Catedral de São Vicente de Paula e Santa Olivia, o antigo Hotel e o Teatro Municipal, todos numa mescla de estilos arquitetônicos, fazem com que seja um prazer passear por ali e ver a gente tunisiana, principalmente os jovens, a passear também.


Portas de Sidi Bou Said
Junto a Tunis , está o povoado de Sidi Bou Said , construído sobre um penhasco à beira do Mediterrâneo. Tem todas as  suas casas pintadas de branco,. com portas e janelas azuis - sempre do mesmo tom de azul , que lembram ilhas da Grécia. Suas galerias de arte e restaurantes constituem uma atração , mas, de fato, a atração maior para mim, foram as portas de Sidi Bou Said. Lindas!
Gostei de Tunis com seus labirintos, sua catedral, sua parte moderna, suas formas diversas, suas cores, seus cheiros e sua vivacidade.

PS. Sou uma fotógrafa muito amadora. Tenho uma maquininha comum. Não faço montagens nem uso photoshop. Faço fotos simples e honestas. A beleza é do cenário...nada mais.