sexta-feira, setembro 17, 2010

Sobre comprinhas aqui e ali...



Plantaçoes de chá na China

Por menos que se compre, comprar é um atrativo de qualquer viagem. O desejo de partilhar lugares e conhecimentos com as pessoas amadas leva-nos a adquirir presentes. Minhas compras resumem-se a eles e a pratinhos de parede que eu coleciono.
Embora a globalização tenha diminuído o encanto das compras, mesmo assim ainda podemos "garimpar"originalidades.Entre as minhas preferências , estão:
. os torrones de Alicante ou de Jijona;
. os xales do Kullu Valley : o Vale dos Xales na Índia , com desenhos típicos e materias diversos, incluindo os de iak;
.  os cremes de Hungria - Helia D, um maravilhoso e baratissimo creme de girassol;
. o creme de pérola da China: pérolas muito novas, que não servem para fazer jóias, são usadas em cosméticos;
. as cafeteiras da Itália, as bem tradicionais que não são de aço;
. o artesanato de cobre do Chile;
. os bordados em seda de Suzhou, onde frente e verso são admiráveis;
. as bolsas da Kipling, compradas diretamente na Bélgica;
. as sedas de Kanchipuram - e não precisam nem ser os chamados "tecidos eternos", bordados com ouro; podem ser os mais comuns;
. as tornozeleiras de prata do Rajasthan;
. os lençóis de algodão do Egito;
. os azulejos e os doces de Portugal;
. o licor de limão e as cerâmicas da Costa Amalfitana;
. os chocolates belgas e suiços;
. os cristais da República Checa e da Slovakia;

Pérolas usadas em cosméticos

. a mozzarella di bufala de Napoli;
. o artesanato de bordados da Bulgária;
. os doces da Turquia;
. o azeite de oliva e as azeitonas da Grécia;
. as confecções das Manos del Uruguay e um sabonete tradicional feito nesse querido País;
. os chás de Hangzhou, principalmente o chá verde colhido na primavera;
. o algodão do Peru, considerado o segundo melhor do mundo ( o primeiro é o do Egito);
. os figos recheados e cobertos com chocolate, produzidos em Ooty, nas Montanhas Azuis da Índia.
Ocorre-me essa lista, neste momento, talvez ditada pela saudade de lugares e de vivências. Poderia ser bem maior, mas eu a abandono porque estou pensando no que irei encontrar nos próximos meses.