terça-feira, junho 01, 2010

Comidinhas Chinesas II




















Li que os hábitos alimentares dos antigos chineses só ficaram conhecidos por volta de 1500 a.C. quando começaram os registros escritos. Eles criavam porcos e cultivavam grãos: trigo, painço, cevada e arroz. Perto de 1100 a,C. foi acrescentada a soja à dieta chinesa. Depois disso vem o molho de soja e o Tofu , que têm seu lugar de destaque até hoje.A comida de Pequim foi a que mais me agradou. Eu saboreava o pato, que é servido envolto por uma panqueca - geralmente cozida no vapor - com molho e com pedaços de cebolinha e pepinos. Vinha , no acompanhamento, patê de fígado de pato e, no final, sopa de pato. A sopa é o prato servido por último.
























Em todos os lugares onde andei, comi raviólis. Os raviólis têm o formato do que têm dentro – se foram recheados com patos, terão o formato de pato, se forem recheados com abóbora, terão o formato de abóbora. Dizem que os pratos de ravióli são os que mais mostram as habilidades das mulheres, especialmente no Ano Novo Chinês.A cozinha vegetariana me deixava mais à vontade – eu comia muito folhas cozidas, vagem e batata. Evitava até olhar muito para pratos considerados deliciosos, nutritivos e até medicinais, como pés de galinha, sangue de pato, intestino de aves, passarinhos fritos inteiros e testículos de boi – que , acreditam, estimula e revigora a potência sexual. Em alguns restaurantes, a pessoa é convidada a ir a tanques escolher "seu jantar", que está ali tranquilamente!























Observei que se usam muitas plantas aromáticas e uma variedade grande de molhos, como molho de ostras, molho de soja e alho , molho de limão, molho de cogumelos. O molho de que mais gostei foi soja, alho e gengibre – supergostoso. Encontrei frutos do mar, carne de porco, carne de galinha e rolinhos primavera em todos os restaurantes em que estive – e no café da manhã de todos os hotéis.























A tradição culinária mais conhecida é a do Cantão. São as comidas mais famosas! São cuidadosos no equilíbrio de yin e yang, milenar filosofia que evidencia a relação de contrastes e dualidades da natureza, aplicadas tanto na alimentação quanto nas questões espirituais. Procura equilibrar yin – suave,frio,escuro e feminino – com yang – forte, quente,claro e masculino. Assim, cachorro – alimento quente – é comido no inverno; sepente, no verão. Penso só voltar lá, na primavera!






















Os cantoneses comem muitos animais. Dizem que, de tudo o que corre, eles só não comem carro e caminhão; de tudo o que voa, só não comem avião e de tudo o que anda na água , só não comem navio. Mas ninguém precisa ter medo. Toda a comida, em restaurante internacional principalmente, é muito bem identificada. É só não confundir a pronúncia do garçom quando se trata de duck e dog.