sábado, março 20, 2010

Illinois! outra vez.

Nesta primeira semana, em Illinois, temos “andarilhado” entre as pequenas cidades de Rantoul, Gibson City, Champaign e Paxton. Aproveitamos para visitar parentes e amigos, fazer compras , ir aos nossos restaurantes preferidos, percorrer estradas, ver paisagens. Coisas simples de cotidiano.
Ontem almoçamos com Pauline, uma admirável mulher de 85 anos, que vive sozinha na sua fazenda, em Gibson. Escuto dela relatos interessantes, como o do Clube de Literatura, que criou há pouco tempo, onde se reúnem, uma vez por mês, pessoas – de 8 a 90 anos - para escrever e ler, uns para os outros, o que escrevem. Na pauta de junho, sou a convidada para falar sobre produção textual. Pauline tem uma casa confortável, cuidadosamente decorada por ela, com bom gosto e simplicidade. Participa de muitos programas comunitários.É bastante ativa na comunidade e na igreja. Cozinha muito bem. Sempre me ensina algo novo, como esta carne de porco, assada em pedaços e, depois de quase pronta, coberta com uma camada de molho, feito com catchup , mostarda, vinagre e molho inglês. Morou vinte anos no Equador. Fala bem espanhol. Gosto muito dela.
A paisagem está bem diferente de outubro, quando saímos daqui. Até sinto falta da sequência verde de milho e soja, soja e milho,milho e soja... Amanhã começa a primavera. Logo a paisagem estará bem modificada. Já estou comprando muitas sementes de flores e de hortaliças. Assim que terminar o período de semear, elas somem do mercado. Estou sempre pensando na Bela União e no que posso plantar lá.
"O meu olhar é nítido como um girassol.
Tenho o costume de andar pelas estradas
Olhando para a direita e para a esquerda,
E de, vez em quando olhando para trás...
E o que vejo a cada momento
É aquilo que nunca antes eu tinha visto,
E eu sei dar por isso muito bem...
Sei ter o pasmo essencial
Que tem uma criança se, ao nascer,
Reparasse que nascera deveras...
Sinto-me nascido a cada momento
Para a eterna novidade do Mundo..."
Fernando Pessoa