sexta-feira, dezembro 18, 2009

Desejos para 2010 - Parte I




















Estou em Torres. Dias lindos.
Aproveito para formular meus desejos para o ano que se avizinha. Deixei de lado o genérico "Feliz Ano Novo" e passei a formulações mais pontuais.
Em 2010, quero muito que:
. as pessoas de quem gosto, lembrem do meu aniversário;
. as filas sejam respeitadas e me poupem, assim, de muitas brigas;




.


















. desapareçam ou diminuam minhas alergias, dores nas pernas, azia e apetite voraz;
. não usem comigo a expressão "melhor idade" - todas as idades são mesclas de melhor, pior ou mais ou menos. Irrita-me esse eufemismo talvez criado para vender viagens, objetos ou otimismo;
. as roupas GG tenham cores e desenhos bonitos e não sejam somente marron, azul-marinho ou preta;























. desapareçam placas como "respeite o idoso" ou "respeite a criança" - respeitem-se , sim, todas as pessoas;
. eu seja poupada de discussões ou pregações político-ideológicas ou religiosas de qualquer natureza - cansei de irracionalidades de direita, de esquerda, de centro ou do alto;
. seja preservada minha memória de curto, médio e longo prazo.

( Sobre o que mesmo eu estava escrevendo?)