sexta-feira, maio 01, 2009

"Lá vou eu...."

Mala, mochila e bolsa revisadas e arrumadas. Bagagem um pouco maior do que usualmente carrego. Gosto de bagagem mínima; desta vez, entretanto, tornou-se imprescindível aumentá-la. Calor em Fortaleza, verão nos Estados Unidos. Quando eu retornar, no início de julho, será frio aqui - logo terei de portar alguma roupa de inverno. Em Paxton, irei a um casamento numa fazenda - levo um modelito mais elaborado para essa festa. Comprarei um par de tênis em Atlanta, pois os meus ficaram, velhinhos e aposentados, na Bela União. Continuo usando só quatro cores para facilitar as combinações. Coloridos só os lenços e echarpes, que ocupam pouco espaço. Mas um bom espaço da mala está ocupado com cuias, bombas e erva-mate - encomendas dos gaúchos desgarrados. Desisti do charque e do arroz ( e do vinagre de maçã Rossoni para o Gugu) , que eu devia levar e transformar em carreteiro autêntico, daqueles que têm gosto do Rio Grande. Outra vez eu levo!
Sem medo da gripe suína...lá vou eu!