quarta-feira, março 04, 2009

Templos de Luxor e Karnak








































Luxor é uma cidade interessante de conhecer, pois surgiu das ruínas de Tebas,capital do Império, no Egito Antigo (1550 – 1069 a.C. ).
Com a Corniche, rua à beira do Nilo, e o movimento turístico constante dos barcos que fazem Cruzeiros , Luxor torna-se ainda mais interessante de conhecer. Mas é com os Templos e a Necrópole de Tebas que se torna imprescindível conhecê-la.
Pode-se visitar a cidade caminhando, de carro ou de caleche, uma charrete, muito enfeitada, puxada por um pobre cavalo.
O Templo de Luxor é grandioso.Foi construído por Amenophis e Ramsés II em 1450 a.C. É verdadeiramente grandioso.








Tem a singularidade de haver uma mesquita construída ( mais tarde, é claro) dentro dele. Antes havia uma avenida de esfinges, com quase dois quilômetros, que o ligava a Karnak.
Por sorte, consegui ver esse Templo duas vezes: uma vez de dia; outra, à noite, quando nos oferece uma visão fantástica.
No Templo, está um imponente obelisco de granito rosa. Eram dois. O outro foi removido, no século 19, e colocado na Place de La Concorde, em Paris. Foi um presente de um governante egípcio ao povo francês. Lamentável !!!!
Os templos emocionam e deslumbram os visitantes, que são muitos. Já atraíam visitantes desde os tempos dos gregos e romanos.
O templo de Karnak foi construído em 2000 a.C. em homenagem ao deus Amon-Rá, o rei dos deuses.



Depois de Gisé, é o sítio faraônico mais importante do Egito. Diz-se que cerca de 80 mil homens trabalharam na sua construção.

Era chamado pelos antigos de “o lugar mais perfeito dos lugares”. Foi o mais bonito que vi e o que mais me emocionou.