segunda-feira, junho 23, 2008

Apressadinha...Eu??





















Quando eu ensinava Lingüística, não lembro em que faculdade porque fui professora de muitas, um aluno me perguntou , em nome da turma segundo ele, se eu nascera de sete meses. Eu respondi que não, que nascera de nove meses. Ele, então, me disse que ali todos acreditavam que eu não teria paciência de esperar nove meses para nascer porque estava sempre “adiantada em tudo”. Também Odete, minha querida amiga, uma vez me disse que eu poderia morrer cedo, já que trabalhava muito e rapidamente. Deveria, assim, cumprir logo minha missão na terra.






















Hoje é sábado. Lembrei – me dessas duas histórias porque, cedo, saí para a rua e fiz tudo o que precisava fazer antes de viajar. Agora vou arrumar a mala. E faltam ainda nove dias para eu deixar Napoli e viajar para a Índia. Sempre estou “antecipada”.