quinta-feira, maio 22, 2008

Sicilia - Palermo


Sorte grande! Vejo Palermo acompanhada pelo Professor Candiloro, intelectual siciliano, que ensinava na Faculdade de Arquitetura, meu querido amigo há vários anos. Além do profundo conhecimento da cidade , que é também a cidade de seus antepassados, tem ele prazer e competência de ensinar - e paciência para fazer isso.

Fez-me entender a estrutura e o funcionamente desta grande e bela cidade, a sua forma de cruz , a antiga movimentação dos campesinos, as chegadas indesejáveis pelo mar e a forma encontrada para detê-las. Explicou-me , em palácios, igrejas , monumentos e mesquitas, as relações entre volume e poder, claro e escuro, luzes e sombras, razão e conseqüência, no traçado de Palermo. Mostra-me as marcas de cada povo que aqui se estabeleceu e dominou, como os árabes e os espanhóis e de cada periodo historico. Foi maravilhoso ver e entender " I Quattro Canti", coração da cidade e centro da cruz viária; caminhar ao longo da "murada" e observar a expansão da cidade para além desse limite ; visitar o interno dos palácios com detalhes tão diferentes entre si , mas igualmente belos. Encantaram-me, como sempre, além da arquitetura, as flores e as árvores pela beleza e pela diversidade.
Preciso sempre agradecer ao Cosmos que me faz encontrar pessoas e lugares especiais. E agradecer a vida por poder estar aqui neste tempo e neste espaço. Só cantando mesmo "Gracias a la vida... "