sexta-feira, maio 05, 2006

Minha família II

Elaine, como eu , é professora da Área de Letras. É minha sobrinha. Uma menina decidida, lutadora , inteligente.
Tem filhos lindos e um marido muito boa gente.Lamento morar longe e pouco conviver com eles.





Alfredo, aqui falando com Patati, sempre foi importante na minha vida e na vida de meus filhos. Em momentos dificeis, eh suporte e afago. Intuitivo, sensivel e franco, nos o amamos muito. Ele costuma dizer que nao vem mais ao Brasil porque estah velho...Eu o percebo sempre igual e nao aceito essa desculpa. Alfredo eh eterno nas minhas lembrancas, do tanto que conversamos e rimos do mundo e de nos mesmos.






Ígor tem uma qualidade que eu admiro muito ( e gosto): preocupa-se em estabelecer e reforçar vínculos familiares.É um doce de pessoa.

Lílian é mãe do Gonçalo e esposa do Ígor. É integralmente linda. Como Lu , ela se tornou sobrinha por merecimento. Como se diz em algumas regiões da Bahia, é " sobrinha da alegria".

Fernando é muito especial para mim.É sobrinho e afilhado. No Natal, pequeno ainda, juntava moedinhas e me comprava um presente.Era conhecido como um pestinha; eu, entretanto, o considerava um anjinho. Aqui, com Carol, sua namorada.

Fabrício, meu filho-sobrinho, e Lu, maravilhosa, que ganhou também o status de sobrinha por merecimento.
Frederico e Ígor, com tio Mile, na festa de fim-de-ano em 2003, em Florianópolis. Mile é adorado pelos sobrinhos, o herói dos meus filhos.è o meu irmão caçula.

Frederico é meu filho-sobrinho, como o Fabrício.Quando ele era pequeno e estudava na Áustria, eu ia sempre visitá-lo. Ele dormia de mãos dadas comigo.Aqui com Macarena e Gonçalo - afilhado deles.
Iuri é o filhinho da Susi.Ela é filha da Diva.Sou muito orgulhosa desta sobrinha, amiga e colega de profissão. Responsável, competente e lutadora, Su é professora na UPF.
Ary Nelson Júnior, o nosso Juninho, bonito, educado, amoroso.Filho da Zeli. A Carol é linda e amorosa também.
Fabianinha e Gonçalo, o bebê da família, filho de Ígor e Lílian.
Fabrício ( aqui com Khritika, sua esposa, e Raven, a filhinha deles) é um sobrinho muito especial, porque é uma pessoa muito especial. Só estou mais tranqüila com a viagem de Gugu porque Fabrício vai estar por perto.
Mariane e Myriam só podiam estar aqui. Tenho um carinho muito especial por elas. Mãe e filha maravilhosas!
Giovana é filha de Aluísio, filho da Diva, minha irmã.

Juliano, filho do Fabrício e da Lu; como toda a família, adora cavalos.

Fabianinha sempre foi a sobrinha que mais se pareceu comigo.Uma vez ela escreveu que eu era " meio tia, meio mãe, meio avó... sempre amiga." É verdade. Ela também é meio sobrinha, meio filha, meio neta...sempre amiga. E muito companheira minha!

Fernanda é minha sobrinha e é professora como eu. Na foto ela está com quatro sobrinhas suas, uma delas é Patrícia, uma menina inteligente e amorosa, de quem eu gosto muito.


Os filhos dos meus irmãos são muito especiais para mim. Sei - e isso me emociona muito - que meus filhos também são muito especiais para meus irmãos. Reciprocidade de afeto.

Recordo, por exemplo, que a Fabianinha, quando pequena, recebia de mim uma mesada com "indexador". Eu tentava com esse artifício contextualizar o valor do dinheiro e desenvolver seu raciocínio matemático. Foi no período de inflação muito alta. A cada três meses , eu mudava o "indexador", que podia ser dólar, litros de gasolina, botijão de gás, cesta básica...Ela estava sempre fazendo cálculos para saber quanto iria receber.

Recordo também que, uma vez , em Santa Maria, entrou um morcego no meu quarto. Aos gritos, chamei o Frederico.Ele veio com uma vassoura, parou perto da minha cama e me explicou detalhadamente o modus vivendi dos morcegos e todas as particularidades da espécie...e terminou dizendo: "agora tu pega a vassoura e espanta o morcego, porque eu não vou fazer isso". Saímos os dois do quarto, que naquela noite foi só do morcego. Eu fui dormir no quarto de hóspedes.

Lembro muitas histórias das " crianças" e sinto uma saudade imensa delas.Um dia, pretendo escrever sobre isso.